Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31417
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ManuelaCorrêaLeda.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: As fissuras do sistema mundial da carne : movimentos e controvérsias
Autor(es): Leda, Manuela Corrêa
Orientador(es): Tavolaro, Sergio Barreira de Faria
Assunto: Produção animal
Processo produtivo
Carne - comércio
Data de publicação: 13-Mar-2018
Data de defesa: 14-Ago-2017
Referência: LEDA, Manuela Corrêa. As fissuras do sistema mundial da carne: movimentos e controvérsias. 2017. 120 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta dissertação consiste em um estudo sociológico das controvérsias em torno da produção e do consumo da carne nas últimas décadas, quando uma série de preocupações e interesses envolvendo o mercado pecuário lançaram diversos movimentos críticos, atores governamentais e agentes corporativos da indústria animal em uma sucessão de conflitos públicos a nível global. Nosso olhar parte da percepção de uma transformação na forma de organização do sistema alimentar mundial a partir do final do século XIX, quando uma ampla cadeia de produção de grãos e gado desenvolveu-se em importantes zonas agrícolas temperadas, modificando consideravelmente os métodos produtivos e a base das dietas ocidentais. Assim, a pesquisa apresenta alguns dos contornos dos principais processos políticos e econômicos que, ao longo do século XX, deram forma à atual indústria de criação – marcadamente dominada pela atuação de corporações transnacionais, governança internacional e circuitos de consumo globais – buscando compreender como esse movimento de expansão conferiu a carne um elevado peso material e simbólico em nossa sociedade. Dessa forma, nossa proposta é dar evidência aos conflitos que se sedimentam na esfera pública global contemporânea em torno da produção animal enquanto um sistema produtivo e alimentar, analisando como os riscos e as implicações éticas, alimentares, sociais e ambientais dessa cadeia têm sido mobilizados nos discursos de diferentes agentes políticos que estão questionando os métodos produtivos da indústria da carne e os hábitos carnivoristas atuais. Tendo em vista a significativa expressão do mercado de criação animal no Brasil, investigamos, por fim, como muitas dessas vozes contestatórias têm reverberado sobre a atuação de representantes do setor pecuário no contexto nacional, baseando-se especialmente nas estratégias publicitárias e conflitos midiáticos envolvendo a maior empresa de carne do mundo: a JBS. Acreditamos, portanto, que o mercado da carne aponta para a existência empírica de conflitos cada vez mais patentes em torno da configuração e legitimidade da indústria animal, podendo indicar importantes transformações na esfera valorativa e política do atual sistema alimentar global.
Abstract: This dissertation is a sociological study of the controversies surrounding meat production and consumption in the last decades, when a number of concerns and interests involving the livestock market have thrown several critical movements, government actors and corporate animal industry agents into a succession of conflicts in a global level. Our view is based on the perception of a transformation in the form of organization of the world food system from the end of the nineteenth century, when a large grain and livestock production chain developed in important temperate agricultural zones, considerably modifying the productive methods and the basis of Western diets. Thus, the research presents some of the contours of the main political and economic processes that, throughout the twentieth century, shaped the current creative industry – markedly dominated by the performance of transnational corporations, international governance and global consumer circuits – seeking to understand how this expansion movement gave the meat a high material and symbolic weight in our society. In this way, our proposal is to give evidence to the conflicts that settle in the contemporary global public sphere around animal production as a productive and alimentary system, analyzing how the risks and the ethical, alimentary, social and environmental implications of this chain have been mobilized in the discourses of different political agents who are questioning the productive methods of the meat industry and the current carnivorist habits. Given the the significant expression of the animal husbandry market in Brazil, we investigated, at last, how these contestatory voices have reverberated about the performance of representatives of the livestock sector in the national context, based especially on the advertising strategies and media conflicts involving the largest meat company in the world: JBS. We believe, therefore, that the meat market points to the empirical existence of conflicts that are increasingly evident around the configuration and legitimacy of the animal industry, what may indicate important transformations in the valorative and political sphere of the current global food system.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.