Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31299
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_HuguesDominiqueVallot.pdf3,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A colônia esquecida e a República assimilacionista : representações, políticas indigenistas e reivindicações indígenas na Guiana Francesa
Autor(es): Vallot, Hugues Dominique
Orientador(es): Pimenta, José Antonio Vieira
Assunto: Guiana Francesa
Povos indígenas
Índios da América do Sul
Índios - aspectos políticos
Data de publicação: 26-Fev-2018
Referência: VALLOT, Hugues Dominique. A colônia esquecida e a República assimilacionista: representações, políticas indigenistas e reivindicações indígenas na Guiana Francesa. 2017. 152 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A dissertação percorre a história das relações entre os povos indígenas da Guiana francesa, vizinho do Brasil e do Suriname, e a França. Procura-se entender o lugar da alteridade indígena durante a colonização francesa, as representações do índio no país europeu e como, a partir dessas representações, se desenvolveu uma relação especifica entre a França e os povos indígenas de seu território periférico. Uma leitura diacrônica, baseada numa pesquisa bibliográfica pluridisciplinar, orienta grande parte deste trabalho. Mostra como, ao longo dos séculos, a noção de “bom selvagem” inspirou filósofos franceses e as ideias revolucionárias. Se os índios foram centrais no projeto colonial francês nos primeiros séculos da conquista, a queda demográfica e as transformações socioeconômicas os colocaram à margem da sociedade guianesa no século XIX. Ao traçar esse percurso histórico, a dissertação também procura refletir sobre os embates entre a pluralidade indígena e os mecanismos assimilacionistas do Estado francês, mostrando como a cidadania, dada aos índios na década de 1960, despertou, uma década depois, a revolta desses povos para o reconhecimento de seus direitos, principalmente territoriais.
Abstract: This thesis traces the history of the relations between indigenous peoples in French Guiana (bordering with Brazil and Surinam) and France. It attempts to understand the role of otherness in the French colonization process, the representations of the Indian in France, and how specific relations between indigenous peoples and the metropolis were established in that peripheral milieu. It is partly based on a diachronic reading of multi-disciplinary texts. It shows how the notion of the "noble savage" has for centuries inspired French philosophers and revolutionary ideas. Although the Indians were central to the French colonial project at the start of conquest, depopulation and socio-economic changes marginalized them in nineteenth-century guianesa society. Along this historical route, the thesis also reflects on the debates between indigenous plurality and the assimilation mechanisms of the French State. It reveals the way in which the concession of French citizenship to the Indians in the 1960s arose in these peoples, a decade later, the urge for recognition of their rights, especially land rights.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Aparece nas coleções:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.