Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31204
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_LuanaChavesBarberato_PARCIAL.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open
Title: Análise da atividade de trabalho do farmacêutico na atenção primária no Distrito Federal, Brasil
Authors: Barberato, Luana Chaves
Orientador(es):: Scherer, Magda Duarte dos Anjos
Assunto:: Sistema Único de Saúde (SUS)
Assistência farmacêutica
Atenção primária à saúde
Farmacêuticos
Issue Date: 8-Feb-2018
Citation: BARBERATO, Luana Chaves. Análise da atividade de trabalho do farmacêutico na atenção primária no Distrito Federal, Brasil. 2017. 143 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O contexto de complexidade do processo saúde-doença-cuidado e de busca pela efetivação da atenção à saúde, segundo os princípios do Sistema Único de Saúde, exigem o fortalecimento da atenção primária à saúde (APS) e a organização do processo de trabalho por meio de equipes multiprofissionais com abordagem interdisciplinar e intersetorial. Políticas recentes incorporaram novas profissões nas equipes de APS, onde se inclui o farmacêutico. No Distrito Federal (DF), são inúmeros os desafios a serem enfrentados em relação à Assistência Farmacêutica, desde a seleção de medicamentos até o acompanhamento farmacoterapêutico dos usuários. Este trabalho tem por objetivo analisar o trabalho do farmacêutico na APS do DF, de maneira a oferecer subsídios para qualificar a atuação desse profissional. Trata-se de um estudo de caso com abordagem qualitativa, realizado de agosto de 2016 a maio de 2017, envolvendo amostragem intencional de 5 farmacêuticas. A análise foi guiada pela abordagem ergológica, com triangulação de métodos e dados colhidos por meio de questionário, observação e entrevista. Entre os resultados, observou-se, dentro do universo de todos os respondentes do questionário, que a maioria das pessoas que trabalham na APS por um período de 4 a 7 anos são majoritariamente mulheres jovens e brancas. Como resultados, observou-se uma maioria de mulheres jovens, brancas e trabalham na APS entre 4 a 7 anos. Há singularidade entre cada realidade de trabalho com relação à estrutura física e apoio técnico. As características individuais de cada farmacêutica, associada à sua experiência profissional e de vida, influenciam o trabalho realizado. Destina-se a maior parte do tempo para atividades de gestão do medicamento, sendo reservado pouco ou nenhum momento para a assistência ao usuário. O fazer profissional é constantemente normalizado e renormalizado, numa realidade de mudanças no direcionamento da APS no DF. Os resultados dão visibilidade à atividade de trabalho do farmacêutico, com o intuito de contribuir para a elaboração de propostas de qualificação da inserção do farmacêutico na APS.
Abstract: The context of the health-disease-care process complexity and the search for the effectiveness of the health care according to the principles of the Unified Health System require the strengthening of primary healthcare (PHC) and the organization of the work process through multiprofessional teams with an interdisciplinary and intersectoral approach. Recent policies incorporate new professions into the PHC teams, which include the pharmacist. There are numerous challenges to be faced regarding Pharmaceutical Services in Federal District (FD), from drug selection to pharmacotherapeutic monitoring of users. This study aims to analyze the pharmacist's work in PHC of DF in order to offer subsidies to qualify the performance of this professional. It is a case study with a qualitative approach, carried out from August 2016 to May 2017, involving an intentional sampling of 5 pharmacists. The analysis was guided by the ergological approach, with triangulation of methods and data collected through questionnaire, observation and interview. As a result, it was observed a majority of women, young, white, working in PHC between 4 to 7 years. There is singularity between each reality of work in relation to the physical structure and technical support. The individual characteristics of each pharmacist, combined to her professional and life experience influence the work done. They allocate most of their time for drug management activities, with little or no time being reserved for user assistance. The professional make is constantly normalized and renormalized, in a reality of changes in the direction of the PHC in DF. The findings give visibility to the work activity of the pharmacist, in order to contribute to the development of qualification proposals for the insertion of the pharmacist in the PHC.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2017.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo liberado: Resumo, Abstract, Capítulo 1. Introdução e Referências Bibliográficas.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31204/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.