Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31151
Título: Desapocadas : concepções de beleza e conhecimentos tradicionais de mulheres quilombolas do Puris- MG
Autor(es): Passold, Sirlene Barbosa Corrêa
Orientador(es): Portela, Cristiane de Assis
Assunto: Quilombos - Minas Gerais (MG)
Mulheres negras
Beleza negra
Conhecimento popular
Data de publicação: 5-Fev-2018
Data de defesa: 12-Mai-2017
Referência: PASSOLD, Sirlene Barbosa Corrêa. Desapocadas: concepções de beleza e conhecimentos tradicionais de mulheres quilombolas do Puris- MG. 2017. 147 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, 2017.
Resumo: A dissertação busca compreender como as mulheres quilombolas do Puris constroem representações acerca da beleza, relacionando essas concepções com os conhecimentos tradicionais relativos ao embelezamento e cuidados com o corpo feminino nesta comunidade. O ponto de partida para a análise é a categoria “desapocada”, formulada pelas mulheres do Puris como designação da característica fundamental para a beleza feminina. Inicialmente, apresenta uma historicização dos processos de territorialidade e identidade do Quilombo Puris, pensando esses processos desde o tempo dos antigos até os dias de hoje. Em seguida, a partir da análise de relatos orais, diversos elementos são problematizados: as interseccionalidades que constituem a identidade dessas mulheres; as interlocuções possíveis com as representações ocidentais sobre a beleza negra; algumas histórias de vida e as concepções de beleza formuladas por essas mulheres; os conhecimentos tradicionais relativos à estética negra; as ressignificações em torno do lenço e turbante, bem como, das vestimentas, desde o algodão produzido até o uso da chita. Por fim, como sinalização de um exercício epistemológico, a autora constrói uma narrativa em que reflete sobre a sua história de vida ao relacionar os conhecimentos aprendidos tradicionalmente e aqueles que exercitou na universidade, durante a experiência do mestrado.
Abstract: The dissertation tries to understand how the quilombola women of the Puris construct representations about the beauty, relating these conceptions with the traditional knowledge regarding the beautification and care with the feminine body in this community. The starting point for the analysis is the category "snuffed out", formulated by Puris women as a designation of the fundamental characteristic for feminine beauty. Initially, it presents a historicization of the processes of territoriality and identity of the Quilombo Puris, thinking these processes from the time of the ancients until the present day. Then, from the analysis of oral reports, several elements are problematized: the intersectionalities that constitute the identity of these women; the possible interlocutions with Western representations of black beauty; some life stories and the conceptions of beauty formulated by these women; traditional knowledge of black aesthetics; the resignifications around the handkerchief and turban, as well as of the clothes, from the cotton produced to the use of the cheetah. Finally, as a sign of an epistemological exercise, the author constructs a narrative in which she reflects on her life history by relating the knowledge learned traditionally and those she has practiced at the university during the masters experience.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR).
Aparece nas coleções:CDS - Mestrado em Sustentabilidade junto a Povos e Terras Tradicionais (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_SirleneBarbosaCorrêaPassold.pdf21,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.