Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31123
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JulianaSouzaLimaVerde.pdf2,95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A construção da expressividade musical por crianças na aprendizagem do violino
Autor(es): Verde, Juliana Souza Lima
Orientador(es): Freire, Ricardo José Dourado
Coorientador(es): Freire, Sandra Ferraz de Castillo Dourado
Assunto: Expressividade musical
Composição (Música)
Música - instrução e estudo - infanto-juvenil
Data de publicação: 31-Jan-2018
Referência: VERDE, Juliana Souza Lima. A construção da expressividade musical por crianças na aprendizagem do violino. 2017. 187 f., il. Dissertação (Mestrado em Música)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A expressividade musical é uma temática que ganhou destaque no campo da Performance, Psicologia da Música e Educação Musical. Foi possível verificar que durante muitos anos ela foi considerada como conhecimento tácito e objeto de estudo de muitas discussões nas pesquisas, porém, sem um consenso a respeito de um conceito. A presente pesquisa aborda a expressividade musical no campo da Educação Musical com o foco na aprendizagem instrumental. Assim, o objetivo principal deste trabalho é investigar como alunos de violino compreendem os elementos expressivos e realizam decisões expressivas em situação de performance, priorizando os estudantes que completaram os livros 2, 3 e 4 da metodologia Suzuki no contexto do projeto Música para Crianças da Universidade de Brasília. Os objetivos específicos para este trabalho são: identificar as decisões expressivas dos alunos durante a performance da peça do repertório Suzuki e da peça autoral; verificar as diferenças das decisões expressivas na peça do repertório Suzuki e na peça autoral; analisar o significado de expressividade musical de alunos e pais; conhecer as estratégias de ensino da expressividade musical dos professores de violino. Esta dissertação fundamentou-se em Keith Swanwick (2003) e França (2000), os quais apresentam o conceito decisões expressivas relacionadas às escolhas de andamento, dinâmicas, articulações, timbres, sonoridade entre outros elementos expressivos que podem ser manipulados. A metodologia consistiu de entrevistas individuais com alunos e pais por meio de uma análise de vídeos dos recitais de formatura. Além disso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os professores do projeto de extensão Música para Criança. O procedimento escolhido para a análise das informações foi uma análise narrativa de pequenas histórias. Os resultados indicaram que as decisões expressivas dos alunos foram diferentes na performance e composição, pois eles demonstraram atenção nos elementos técnicos do violino como, por exemplo: controle de arco, afinação e vibrato na performance, porém na composição os elementos da técnica do instrumento não foram uma preocupação. Além disso, pais e professores demonstraram agentes da construção da expressividade musical por meio das histórias, imagens e discussões verbais com os alunos. As decisões expressivas dos alunos foram destacadas principalmente na composição musical, pois esta oportunizou momentos em que eles tiveram autonomia para demonstrar autoconfiança em demonstrar as suas habilidades expressivas por meio da consciência dos elemento expressivos.
Abstract: Musical expressiveness is a theme that has gained prominence in the field of Performance, Music Psychology and Musical Education. It was possible to verify that for many years it was considered as common knowledge and object of study of many discussions in the research, but without a consensus in relation to a single concept. This research deals with musical expressiveness in the field of Musical Education with special focus on instrument learning. Thus, the main objective of this work is to investigate how violin students understand the expressive elements and make expressive decisions in a performance situation, prioritizing the students who completed the books 2, 3 and 4 of the Suzuki methodology in the context of the Music for Children project of the University of Brasilia. The specific objectives for this work are: identifying the expressivity decisions of the students during the performance of the piece of the Suzuki repertoire and of the author piece; verifying the differences of the expressivity decisions in the piece of the Suzuki repertoire and in the author piece; analyzing the meaning of musical expressiveness of students and parents; comprehending the strategies of the violin teachers of teaching musical expression. This dissertation was based on Keith Swanwick (2003) and França (2000), which present the concept of expressivity decisions related to the choices of tempo, dynamics, articulations, timbres, sonority, to name just a few of many expressive elements that can be manipulated. The methodology consisted of individual interviews with students and parents by means of an analysis of videos of graduation recitals. In addition, semi-structured interviews were conducted with the teachers of the Music for Children extension project. The procedure chosen for the analysis of the information was a narrative analysis consisting of small stories. The results indicated that the students' expressivity decisions differed in the performance and in the composition, since they showed attention in the technical elements of the violin, such as: bow control, tuning and vibrato in the performance, but in the composition the elements of the instrument technique were not a concern. In addition, parents and teachers turned out to be instigators of building musical expressiveness through stories, images, and discussions with students. The expressivity decisions of the students were highlighted mainly in the musical composition, because this gave opportunities for them to have autonomy to demonstrate their self-confidence in showing their expressive abilities through the awareness of expressive elements.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, Programa de Pós-Graduação Música em Contexto, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:IdA - Mestrado em Música (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.