Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31116
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_JêniferOlivattodaSilva.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open
Title: Perfil epidemiológico e clínico de homens com HPV atendidos no Centro de Testagem e Aconselhamento do Distrito Federal
Other Titles: Clinical and epidemiological profile of men diagnosed with HPV in the Counseling and Testing Center of the Federal District
Authors: Silva, Jenifer Olivatto da
Orientador(es):: Sanchez, Mauro Niskier
Assunto:: HPV - vírus
Tratamento - HPV - vírus
Saúde do homem
Papilomavírus humano
Issue Date: 31-Jan-2018
Citation: SILVA, Jenifer Olivatto da. Perfil epidemiológico e clínico de homens com HPV atendidos no Centro de Testagem e Aconselhamento do Distrito Federal. 2017. 92 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) é um serviço estratégico para promoção da saúde, prevenção, diagnóstico rápido e tratamento de HIV, sífilis, hepatite B e C e, outras infecções sexualmente transmissíveis (IST). O HPV é a IST mais comum mundialmente, atuando como forte fator causal para câncer anal, de colo de útero e pênis. O objetivo principal deste estudo foi descrever as características epidemiológicas e clínicas da população adulta, masculina, diagnosticada com HPV, atendida no CTA-DF, no período de 01/01/2015 a 31/12/2016. Para contemplar este objetivo o estudo contou com dois métodos: estudo epidemiológico do tipo transversal, descritivo, com uso de dados secundários contidos no Sistema de Informação – CTA; e estudo epidemiológico do tipo coorte clínica, descritivo, com coleta de dados secundários dos prontuários da instituição. Foi identificado no Sistema de Informação do CTA (SI-CTA) a predominância do sexo masculino com 18.543 (66,12%), solteiros com 19.292 (68,79%), pardos com 12.411 (44,26%), homens que fazem sexo com mulheres 11.051 (65,69%), com a faixa etária entre 18 a 30 anos de 15.509 (55,30%) e com 8 a 11 anos de estudo 11.825 (42,17%). Os percentuais de positividade para os testes rápidos foram: 3,00% de HIV; 8,23% de sífilis; 0,10% de hepatite B e 0,39% de hepatite C. As prevalências entre coinfecções foram: 0,9% para HIV e sífilis; 0,06% para sífilis e hepatite C, 0,03% para HIV e hepatite B, 0,02% para sífilis e hepatite B e 0,01% para HIV e hepatite B. Foi verificado nos prontuários dos homens com diagnóstico de HPV a predominância da faixa etária entre 18 a 29 anos, brancos, homens que fazem sexo com mulheres, com 8 a 11 anos de estudo, com prevalência de HPV de 16,93/1.000 usuários. No que se refere à coinfecção com HPV a predominante foi HIV com 21 (7,9%) usuários. Em relação ao tipo de lesão a mais frequente foi a lesão de pênis com 209 (60,23%) usuários dos HPV positivos. No que diz respeito ao tratamento o Ácido Tricloracético (ATA 90%) foi o mais prevalente com mediana de 41 dias de tratamento e entre 3 a 5 sessões, dependendo do local da lesão. Em relação ao desfecho houve abandono de tratamento em 208 (66,24%) usuários, alta em 96 (30,57%) dos usuários e foram encaminhados para outros serviços de referência 10 (3,18%) usuários. Observou-se a importância da qualidade dos dados para que possam ser transformados em informação, conhecimento e posterior convertê-los em ações e investigações epidemiológicas. Os achados do estudo reforçam a importância de se traçar este perfil no DF, para fomentar ações de promoção da saúde, prevenção e controle de IST. Desta forma, a faixa etária da vacinação para homens e mulheres devem ser estendidas, pelas características epidemiológicas encontradas no estudo, pois o homem ativo pode ser o transmissor tanto para homens como para mulheres.
Abstract: The Counseling and Testing Center (CTC) is a strategic service for health promotion, prevention, early diagnosis and treatment of sexually transmitted infections (STIs). The Human Papilloma Virus (HPV) is the largest sexual infection in occurrence worldwide, acting as a strong causal factor for anal, uterine cervix and penis cancers. The main purpose of this thesis was to describe the clinical and epidemiological characteristics of the adult, male population diagnosed with HPV, attended at the CTC in the period from January 1, 2015 to December 31, 2016. To achieve this goal the study used two methods, an epidemiological descriptive cross-sectional study, using secondary data contained in the service information system; and an descriptive epidemiological study of the clinical cohort collecting secondary data from the institution records. It was identified in the Information System the predominance of males 18.543 (66,12%), single 18.543 (66,12%), brown 12.411 (44,26%), men who have sex with women 12.411 (44,26%), between 18 and 30 years 12.411 (44,26%) and with 8 to 11 years of study 12.411 (44,26%). The percentages of positivity were: 3,00% HIV; 8.23% syphilis; 0.10% 0.39% hepatitis B and hepatitis C. The prevalence of coinfections were: 0.90% for HIV and Syphilis; 0.06% syphilis and hepatitis C, 0.03% for hepatitis B and HIV, syphilis and 0.02% for hepatitis B and 0.01% for HIV and hepatitis B. It was verified in the medical records of men with HPV the predominance of the 18 to 29 age group, white, men who have sex with women, with 8 to 11 years of study, with prevalence of HPV 16,93 / 1000 users. As regards the co-infection with HIV is the predominant HPV 21 (7.9%) users. Regarding the most common type of injury was the penis lesion 209 (60.23%) users. Regarding the treatment of HPV, trichloroacetic acid (ATA 90%) was the most prevalent median of 41 days of treatment and from 3 to 5 sessions, depending on the site of the lesion. An outcome of the treatment with an overestimated dropout rate (66.24%) and an underestimated discharge rate (30.57%) is observed, which may have had a heavy effect on the actual number of dropouts. The study indicates that the CTC is a service that can provide access to diagnosis and treatment of STIs men. The service in this way plays an important role in the interruption of the Federal District's transmission chain, since the sexually active man can be an agent of transmission of HPV for both women and men. The findings of the study reinforce the importance of drawing this profile in the DF, for the actions of health promotion, prevention and control of STIs.
Description: Mestrado (dissertação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31116/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.