Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31072
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_VictorRezendeTeles.pdf2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Características dos stakeholders, das estratégias e dos recursos pós-evento crítico no INEP : o caso do ENEM
Autor(es): Teles, Victor Rezende
Orientador(es): Hoffmann, Valmir Emil
Assunto: Stakeholders
Tomada de decisão
Serviço público
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)
Data de publicação: 23-Jan-2018
Referência: TELES, Victor Rezende. Características dos stakeholders, das estratégias e dos recursos pós-evento crítico no INEP: o caso do ENEM. 2017. xiv, 139 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração)— Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O objetivo geral desta dissertação foi determinar as características dos stakeholders, das estratégias e dos recursos no INEP pós-evento crítico: o caso do Enem. O Instituto é o responsável pela produção e execução da prova. Dois momentos foram estudados: o furto da prova de 2009 e a invasão das escolas de 2016. Além disso, foi analisado o processo de tomada de decisão. Nesta pesquisa qualitativa, classificada como descritiva e exploratória, foram utilizados o modelo Salience para identificação dos stakeholders. Para classificá-los, utilizou-se a matriz de Savage et al. (1991). Os modelos são complementares entre si. Para discussão da tomada de decisão, utilizou-se os quatro modelos de Choo (2003): racional, político, processual e anárquico. Quanto às estratégias, adotou-se subcategorias ex post. Sobre os recursos, foi analisado e discutido por meio da Visão Baseada em Recursos. A pesquisa se justifica por causa dos escassos trabalhos no campo de estratégia no serviço público. Ela também é relevante por causa do impacto social do Enem na sociedade brasileira. Foram mais de 74 milhões de inscritos entre os anos de 1998 a 2016. Após 2009, o Enem se tornou o principal meio de acesso a universidade no País. Além disso, conhecer estes três construtos pode ajudar o INEP a mitigar efeitos nocivos de eventos críticos futuros. Como principais resultados, não há stakeholders definitivos influenciando diretamente os tomadores de decisão. Aliás, os decisores são formados por um grupo de pessoas que compõe a Alta Gestão. O processo de tomada de decisão é político, na maioria das vezes. Existiram mais estratégias mediatas e emergentes do que incrementais. Há recursos estratégicos sendo empregados no INEP para evitar eventos críticos. Por fim, foram propostas vinte sugestões de melhoria para a Autarquia. Cinco delas referentes ao Exame e a estrutura do INEP como um todo e as quinze demais referentes ao combate a possíveis novos eventos críticos.
Abstract: The general objective of this dissertation was to determine the characteristics of stakeholders, strategies and resources in the INEP post-critical event: the case of Enem. The Institute is responsible for the production and execution of the test. Two moments were studied: the theft of the 2009 test and the invasion of the schools of 2016. In addition, the decision-making process was analyzed. In this qualitative study, classified as descriptive and exploratory, the Salience model was used to identify the stakeholders. To classify them, we used the matrix of Savage et al. (1991). The models are complementary to each other. For discussion of decision making, the four models of Choo (2003) were used: rational, political, procedural and anarchic. As for the strategies, ex post subcategories were adopted. On features, it has been analyzed and discussed through Resource-Based View. The research is justified because of the scarce works in the field of strategy in the public service. It is also relevant because of Enem's social impact on Brazilian society. There were more than 74 million enrolled between 1998 and 2016. After 2009, Enem became the main means of access to university in the Country. In addition, knowing these three constructs can help INEP to mitigate the harmful effects of critical events futures. As main results, there are no definitive stakeholders directly influencing the decision makers. In fact, the decision makers are formed by a group of people who make up the High Management. The decision-making process is political, most of the time. There were more mediate and emerging strategies than incremental ones. There are strategic resources being employed at INEP to avoid critical events. Finally, twenty suggestions for improvement were proposed for the Autarchy. Five of them pertaining to the Exam and the structure of the INEP as a whole and the fifteen others on the fight against possible new critical events.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração Pública, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado Profissional em Administração (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.