Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31047
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_RosanaAndréaCostadeCastro.pdf2,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Perfil esperado para o professor de Artes Visuais : perspectivas de especialistas em ensino da arte e de projetos pedagógicos de cursos de graduação
Autor(es): Castro, Rosana Andréa Costa de
Orientador(es): Araújo, Claisy Maria Marinho
Assunto: Psicologia cultural
Psicologia da arte
Professores - formação
Artes visuais
Data de publicação: 17-Jan-2018
Referência: CASTRO, Rosana Andréa Costa de. Perfil esperado para o professor de Artes Visuais: perspectivas de especialistas em ensino da arte e de projetos pedagógicos de cursos de graduação. 2017. xvi, 191 f., il. Tese (Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O perfil esperado para o egresso dos cursos do ensino superior tem sido pesquisado pela Psicologia Escolar, que tem destacado também as práticas de intervenção no contexto educativo e os estudos acerca da atuação dos professores da educação básica. Embasando-se nos resultados dessas pesquisas, e por força das mudanças na formação de professores pelas legislações educacionais em vigor, o perfil esperado para o egresso das Licenciaturas em Artes Visuais (LAV) tornou-se foco deste estudo. As ideias surgidas no contexto das vanguardas modernistas, em específico a noção de artista-professor, possivelmente têm influenciado os atuais Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC) das LAV, contribuindo para a ênfase na oferta de disciplinas dirigidas à produção do objeto da Arte e deixando pouco espaço para formação do professor. Essa redução pode sinalizar para uma concepção de perfil de egresso dissonante das demandas das escolas atuais. Defende-se a tese de que focar na produção do objeto de Arte não é suficiente para formar o professor de artes visuais para atuar na educação básica e que, para superar as lacunas trazidas pela ênfase formativa com o foco no perfil do artista, deve-se abrir espaço para estudos que atentem às especificidades da constituição do sujeito e professor de artes visuais nas LAV. Para sustentar essa tese, elaborou-se uma pesquisa com o objetivo de analisar o perfil esperado para o licenciado em artes visuais presente nos PPC e a partir da percepção de Especialistas no ensino de arte. O aporte da perspectiva histórico-cultural da Psicologia do Desenvolvimento Humano e dos princípios vygotskyanos da relação entre Psicologia e Arte fundamentaram as reflexões teóricas sobre a constituição do sujeito e professor de artes visuais nos processos de ensino e aprendizagem nas LAV. O desenho metodológico foi orientado por abordagem multimetodológica, utilizando levantamento quantitativo da oferta de cursos superiores de Arte no Brasil, a análise documental dos PPC e a organização de um evento, denominado Colóquio com Especialistas em Ensino da Arte, que reuniu professores, pesquisadores e experts em Arte para pesquisar suas concepções acerca da formação do perfil do professor de Artes Visuais para atuar na educação básica. Os resultados indicaram que os PPC, em geral, orientam para uma concepção do licenciado como artista-professor. No que diz respeito aos Especialistas, os discursos: a) sinalizaram para a dissonância entre o perfil esperado para o licenciado em artes visuais e as demandas da escola; b) revelaram a necessidade de mudanças na formação do professor; c) propuseram alternativas para o incremento da atuação do licenciado em sala de aula. A partir desses resultados verificou-se que na LAV ocorre a prioridade pela formação do artista, sinalizada, principalmente, pelas disciplinas apresentadas pelos PPC. Ao final do estudo, espera-se contribuir com a ampliação do espaço da licenciatura na graduação para a consolidação do ensino da Arte na escola.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PED - Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.