Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30991
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_CarlaCristinaVasconcelosPenadeSantana.pdf1,79 MBAdobe PDFView/Open
Title: Esforço para ouvir e envelhecimento auditivo : análise de relações funcionais entre idade, sensibilidade auditiva e atenção dividida
Authors: Santana, Carla Cristina Vasconcelos Pena de
Orientador(es):: Feitosa, Maria Angela Guimarães
Assunto:: Envelhecimento - aspectos fisiológicos
Sensibilidade auditiva
Audição (Fisiologia)
Issue Date: 5-Jan-2018
Citation: SANTANA, Carla Cristina Vasconcelos Pena de. Esforço para ouvir e envelhecimento auditivo: análise de relações funcionais entre idade, sensibilidade auditiva e atenção dividida. 2017. xiii, 91 f., il. Tese (Doutorado em Ciências do Comportamento)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Esforço para ouvir envolve atenção e demais recursos cognitivos necessários para compreender a fala, sendo a idade um fator funcional relevante, pois aumenta o esforço empregado para captar informações em situações desafiadoras de escuta. Este trabalho verificou o efeito do envelhecimento sobre esforço para ouvir, e suas relações com sensibilidade auditiva e atenção dividida em falantes do português brasileiro. Participaram 77 indivíduos (44 homens) com escolaridade igual ou superior a ensino médio completo, distribuídos em três grupos etários, distribuídos em adultos (22 a 38 anos), adultos mais velhos (50 a 60 anos) e idosos (70 a 80 anos). O paradigma de dupla-tarefa, composto por tarefa primária SSI e tarefa secundária Dominó Especial, foi implementado para mensurar esforço. Foram avaliados sensibilidade para tons puros de 250 a 16.000Hz, atenção dividida e auto avaliação de escuta. Correlações positivas entre idade e esforço para ouvir e negativas entre essas e capacidade de atenção dividida e sensibilidade auditiva (especialmente com frequências altas) foram encontradas. Não foi encontrada correlação entre auto avaliação da audição e esforço para ouvir. Concluiu-se que idade exerce impacto primordial no esforço para ouvir, o que foi demostrado através do desempenho de cada grupo etário em tarefa exigindo esforço para ouvir. Frequências altas foram associadas com a piora no desempenho na tarefa secundária na condição de tarefa dupla; a atenção dividida influenciou o esforço para ouvir, pois quanto pior a atenção dividida, maior o esforço. Foi encontrada influência das interações entre as variáveis idade e sensibilidade auditiva, bem como sensibilidade auditiva e atenção dividida, com o esforço para ouvir. Neste estudo, o envelhecimento justificou a maior parte da variância do esforço para ouvir observado.
Abstract: Listening effort involves attention and other cognitive resources essential to understand speech, age being an important factor since it increases the effort demanded to apprehend information in challenging listening situations. This study aimed to verify the effect of aging on the listening effort, and its relations with auditory sensitivity, and divided-attention in Brazilian Portuguese speakers. Seventy-seven participants (44 men) with an equal to or higher than complete high school education, divided into three age groups, from young adults (22-38 years), older adults (50-60 years) and the elderly (70-80 years). The dual-task paradigm, composed of primary task SSI and secondary task Special Domino, was implemented to measure effort. Sensitivity for pure tones of 250 to 16,000 Hz, divided attention and self-evaluation of listening were evaluated. Positive correlations between age and listening effort and negative correlations between them and divided-attention capacity, auditory sensitivity (especially with high frequencies) were found. No correlation was found between self-evaluation of hearing and listening effort. It was concluded that age exerts a primary impact on listening effort, which has been demonstrated through the performance of each age group in a effort-demanding task. High frequencies were associated with worse performance in the secondary task in the dual task condition; divided attention influenced listening effort, because the worse the divided attention, the greater the effort. There was influence of the interactions between the variables age and auditory sensitivity, as well as auditory sensitivity and divided attention, with listening effort. In this study, aging accounted for most of the variance in the observed listening effort.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPB - Doutorado em Ciências do Comportamento (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/30991/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.