Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30607
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_BoleProfileEucalyptus.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Bole profile of eucalyptus under two conduction regimes in the southwest region of the Brazilian state Bahia
Outros títulos: Perfil do fuste de eucalipto sob dois regimes de condução no sudoeste da Bahia
Autor(es): Azevedo, Gileno Brito de
Azevedo, Glauce Taís de Oliveira Sousa
Castro, Renato Vinícius Oliveira
Barreto-Garcia, Patrícia Anjos Bittencourt
Rezende, Alba Valéria
Assunto: Funções de afilamento
Forma do fuste
Eucalipto
Data de publicação: 2017
Editora: Sociedade de Investigações Florestais
Referência: AZEVEDO, Gileno Brito de et al. Bole profile of eucalyptus under two conduction regimes in the southwest region of the brazilian state Bahia. Revista Árvore, Viçosa, v. 41, n. 2, e410211, 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200111&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 fev. 2018. Epub June 22, 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1806-90882017000200011.
Resumo: O conhecimento do perfil do fuste é em uma ferramenta importante no manejo da produção florestal, sendo o mesmo influenciado por diversos fatores, como o regime de condução do povoamento. O presente trabalho objetivou avaliar a influência de dois regimes de condução do povoamento sobre o perfil do fuste de Eucalyptus urophylla, na região sudoeste da Bahia. Foram utilizados dados de povoamentos conduzidos pelo regime de alto fuste e talhadia. Os modelos de afilamento propostos por Kozak, Demaerschalk, Ormerod, Garcia e Garay foram ajustados, sendo selecionado aquele com melhor desempenho nas estatísticas de ajuste e análise gráfica de resíduos, para cada regime de condução. Os modelos selecionados foram validados utilizando o teste do qui-quadrado (α = 0,05). Diante dos modelos selecionados, foram estimados os valores do diâmetro ao longo do fuste da árvore média, permitindo avaliar o perfil do fuste para cada regime de condução do povoamento. O teste de identidade de modelos mostrou que o regime de condução do povoamento influencia a forma do fuste das árvores, sendo necessário o ajuste de uma equação específica para cada situação. O fuste tende a apresentar forma mais cilíndrica em povoamento conduzido sob regime de talhadia e mais cônica no regime de condução por alto fuste.
Abstract: The study of the bole profile is an important tool in the forest production management, which is influenced by several factors, such as the stand conduction regime. This work aimed to evaluate two stand conduction regimes regarding the Eucalyptus urophylla bole in the southwest region of the Brazilian state, Bahia. The data used was retrieved from stands conducted under high forest and coppice regimes. The tapering models proposed by Kozak, Demaerschalk, Ormerod, Garcia and Garay were adjusted, being selected the ones that presented better performances regarding adjustment statistics and graphic analysis of residue for each conduction regime. The models selected were validated by the chi-squared test (α = 0,05). Considering the models selected, it was possible to estimate the value of the diameter along the bole of the average-tree, allowing to evaluate the bole profile for each stand conduction regime. The identity test of the models showed that the stand conduction regime affects the shape of the trees' bole, making a necessity to adjust a specific equation for each situation. The bole tends to present a cylindrical form in a stand conducted in a coppice regime and conical one in a high forest regime.
Licença: Revista Árvore - This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200111&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 fev. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1806-90882017000200011
Aparece nas coleções:EFL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.