Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30596
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_MorphoagronomicMolecularCharacterization.pdf869,03 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Morphoagronomic and molecular characterization of ornamental passion fruit cultivars
Outros títulos: Caracterização morfoagronômica e molecular de cultivares de maracujazeiro ornamental
Autor(es): Fonseca, Kenia Gracielle da
Faleiro, Fábio Gelape
Junqueira, Nilton Tadeu Vilela
Barth, Mariana
Feldberg, Nelson Pires
Assunto: Passiflora
Marcadores moleculares
Análise multivariada
Data de publicação: Out-2017
Editora: Embrapa Informação Tecnológica - Pesquisa Agropecuária Brasileira
Referência: FONSECA, Kenia Gracielle da et al. Morphoagronomic and molecular characterization of ornamental passion fruit cultivars. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 52, n. 10, p. 849-860, out. 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2017001000849&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 fev. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/s0100-204x2017001000004.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi validar os descritores morfoagronômicos utilizados nos processos de proteção de cultivares no Brasil, por meio da caracterização de seis cultivares de maracujazeiro ornamental. As cultivares BRS Rubiflora, BRS Rosea Púrpura, BRS Céu do Cerrado, BRS Roseflora, BRS Estrela do Cerrado e BRS Pérola do Cerrado, 33 descritores morfoagronômicos e dois marcadores moleculares foram utilizados. Os descritores morfoagronômicos categóricos foram analisados por meio da distribuição de frequência e análises multivariadas. Os descritores morfoagronômicos quantitativos foram submetidos à análises de variância e à comparação entre médias das cultivares. Os marcadores "random amplified polymorphic DNA" (RAPD) e "inter-simple sequence repeats" (ISSR) foram usados para análise molecular. Observou-se alta taxa de validação dos descritores morfoagronômicos utilizados na proteção de cultivares. As análises de variância mostraram diferenças significativas entre os descritores quantitativos das cultivares, e os marcadores moleculares confirmaram as diferenças genéticas entre elas. Houve alta correlação entre as distâncias calculadas com base nos descritores morfoagronômicos categóricos e nos marcadores moleculares. Os descritores morfoagronômicos e os marcadores moleculares são úteis e complementares para a caracterização e a diferenciação das cultivares.
Abstract: The objective of this work was to validate the morphoagronomic descriptors used in the protection processes of plant cultivars in Brazil, by characterizing six cultivars of ornamental passion fruit. The BRS Rubiflora, BRS Rosea Púrpura, BRS Céu do Cerrado, BRS Roseflora, BRS Estrela do Cerrado, and BRS Pérola do Cerrado cultivars, 33 morphoagronomic descriptors, and two molecular markers were used. The categorical morphoagronomic descriptors were analyzed by frequency distribution and multivariate analyses. The quantitative morphoagronomic descriptors were subjected to the analysis of variance and to the comparison of the means of each cultivar. The random amplified polymorphic DNA (RAPD) and the inter-simple sequence repeats (ISSR) markers were used for molecular analysis. A high-validation rate was observed for the morphoagronomic descriptors used in the protection of plant cultivars. The analyses of variance showed significant differences between the quantitative descriptors, and the molecular markers confirmed the genetic differences among the cultivars. There was a high correlation between the calculated distances based on the categorical morphoagronomic descriptors and molecular markers. The morphoagronomic descriptors and molecular markers are useful and complementary for the characterization and differentiation of cultivars.
Licença: Pesquisa Agropecuária Brasileira - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2017001000849&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 fev. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0100-204x2017001000004
Aparece nas coleções:FAC - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.