Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30444
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_AlgumasDiferencasComunicativas.pdf279,29 kBAdobe PDFView/Open
Title: Algumas diferenças comunicativas entre o português e o inglês
Other Titles: Some communicative differences between portuguese and english
Authors: Bessa, Cristiane Roscoe
Pessoa, Márcia Ney
Dias, Izabel Cristina Brum
Assunto:: Língua inglesa
Tradução
Língua portuguesa
Issue Date: May-2016
Publisher: Universidade Federal de Santa Catarina
Citation: ROSCOE-BESSA, Cristiane; PESSOA, Márcia Ney; DIAS, Izabel Cristina Brum. Algumas diferenças comunicativas entre o português e o inglês. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 36, n. 2, p. 91-104, maio/ago. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2175-79682016000200091&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 13 dez. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n2p91.
Abstract: Este estudo tem como objetivo analisar diferenças ou similaridades comunicativas entre o inglês e o português, a partir do pressuposto de que tal conhecimento pode ser útil na atividade do tradutor em sua tentativa de melhor traduzir os fenômenos discursivos. Acreditamos que a conscientização de diferenças comunicativas dentro de um par linguístico pode evitar inconsistências de discurso e até mesmo desentendimentos entre falantes de línguas distintas. Constatamos que a literatura enfatiza as diferenças estruturais entre o inglês e o português, porém não as diferenças discursivas. Por isso, propomos uma identificação preliminar dessas diferenças a partir das pesquisas de House (1997), Le Berre (2008), Negrão (2001), Piccolo (2002) e Nogueira (2013) com quem dialogamos para fundamentar nosso trabalho.
Abstract: This paper tackles communicative differences or similarities between English and Portuguese, from the assumption that this knowledge may be useful in the translator’s activity in attempting to translate better discursive phenomena. We believe that the awareness of communicative differences within a language pair can avoid discourse inconsistencies and even misunderstandings between speakers of different languages. We found that the literature emphasizes the structural differences between English and Portuguese, but not the discursive differences. Therefore, we propose a preliminary identification of these differences from the research of House (1997), Le Berre (2008), Negrão (2001), Piccolo (2002) and Nogueira (2013) with whom we dialogue to support our study.
Licença:: Cadernos de Tradução - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2175-79682016000200091&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 13 dez. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n2p91
Appears in Collections:LET - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/30444/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.