Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30316
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_EscalaNecessidadePertencimento.pdf306,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Escala de necessidade de pertencimento : adaptação e evidências de validade
Outros títulos: The need to belong scale : adaptation and evidences of validity
Escala de necesidad de pertenencia : adaptación y evidencias de validez
Autor(es): Gastal, Camila Azevedo
Pilati, Ronaldo
Assunto: Necessidade de pertencimento
Socialização
Avaliação psicológica
Data de publicação: Mai-2016
Editora: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Referência: GASTAL, Camila Azevedo; PILATI, Ronaldo. Escala de necessidade de pertencimento: adaptação e evidências de validade. Psico-USF, Itatiba, v. 21, n. 2, p. 285-292, maio/ago. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712016000200285&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 2 jan. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-82712016210206.
Resumo: Seres humanos possuem uma necessidade fundamental de pertencer a um grupo. Tal necessidade de pertencimento possui uma dimensão disposicional, de forma que indivíduos diferem quanto à motivação pela procura de conexões sociais e o quanto valorizam ser aceitos pelas outras pessoas. A Escala de Necessidade de Pertencimento (ENP) é um instrumento elaborado para medir tal dimensão individual. O objetivo deste trabalho foi adaptar e produzir evidências de validade da ENP para o contexto brasileiro. Foram realizados dois estudos com amostras independentes. Análises fatoriais exploratórias e confirmatórias apontaram para uma estrutura unifatorial com características psicométricas semelhantes às da escala original, indicando que a ENP pode ser considerada adequada para uso no contexto brasileiro. Em análises de convergência a ENP correlacionou-se positivamente com empatia. Ressalva-se que mais estudos são necessários para a determinação de sua estrutura fatorial, além de pesquisa transcultural sobre a necessidade de pertencimento.
Abstract: Human beings have a fundamental need to belong to groups. That need has a dispositional dimension, as individuals differ on how strong is their motivation to search social connections and how much they value being accepted by others. The Need to Belong Scale (NTBS) is an instrument elaborated to measure such individual dimension of the need to belong. The present research aimed to adapt and collect validity evidence for the NTBS to the Brazilian context. The research was composed of two studies with independent samples. Factor analysis, exploratory and confirmatory, pointed to a unifactor solution with psychometric properties similar to the ones of the original scale, indicating that the NTBS may be adequate for use in the Brazilian context. In convergence analysis the NTBS was positive correlated with an empathy measure. We highlight the need for more studies to define the unifactor structure. We also suggest cross-cultural comparisons concerning the need to belong.
Resumen: Los seres humanos poseen una necesidad fundamental de pertenecer a un grupo y esa necesidad tiene una dimensión disposicional, de modo que los individuos difieren en términos de motivación buscando conexiones sociales, y cómo valorizar ser aceptados por los demás. La Escala de Necesidad de Pertenencia (ENP) es un instrumento para medir tal dimensión individual, el objetivo de este trabajo fue adaptar y reunir evidencias de validez de la ENP en el contexto brasileño y fueron realizados dos estudios con muestras independientes. Los análisis factoriales, exploratorios y confirmatorios, señalaron una estructura unifactorial con características psicométricas similares a la escala original, indicando que la ENP puede ser considerada adecuada para su uso en el contexto brasileño. En análisis de convergencia la ENP se correlacionó positivamente con la empatía. Destacamos la necesidad de más estudios para la determinación de su estructura factorial, además de investigaciones transculturales sobre la necesidad de pertenencia.
Licença: Psico-USF - Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712016000200285&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 2 jan. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-82712016210206
Aparece nas coleções:PST - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.