Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30283
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_IdentidadeEquipesTrabalho.pdf465,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Identidade com equipes de trabalho : teoria e medida
Outros títulos: Identity with work team : theory and measurement
Identidad con equipos de trabajo : teoría y medición
Autor(es): Reis, Daniela Pinheiro dos
Puente-Palacios, Katia Elizabeth
Assunto: Identidade social
Grupos de trabalho
Data de publicação: Abr-2016
Editora: Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: REIS, Daniela Pinheiro dos; PUENTE-PALACIOS, Katia Elizabeth. Identidade com equipes de trabalho: teoria e medida. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v. 21, n. 2, p. 167-178, abr./jun. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2016000200167&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 4 jan. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1678-4669.20160017.
Resumo: O objetivo desse estudo é desenvolver e validar uma escada de identidade com equipes de trabalho composta pelas dimensões afetiva, cognitiva e avaliativa. Dois estudos foram conduzidos. O estudo 1 buscou evidências de validade para uma escala de identidade com equipes de trabalho. Os dados foram coletados em uma amostra de 364 pessoas. O estudo 2 verificou a estabilidade da solução fatorial encontrada no estudo 1. A amostra foi composta por 367 empregados de uma organização pública brasileira. A estrutura fatorial final compõe-se por 20 itens distribuídos em três fatores e capaz de explicar 65% da variância. Indicadores de consistência interna foram satisfatórios (0,79 < α < 0,94 para o Alpha de Cronbach e 0,52 < x < 0,75 para a média de correlações item-total). A escala desenvolvida pode ser considerada uma contribuição teórica e um avanço para a mensuração da identidade com equipes de trabalho.
Abstract: The aim of this study is to develop and validate a scale of identity with work teams composed of affective, cognitive, and evaluative dimensions. Two studies were conducted. Study 1 sought evidence of validity for a scale of identity with work teams. Data were collected from a sample of 364 people. Study 2 verified the replicability of the factor solution found in Study 1. The sample consisted of 367 employees of a Brazilian public organization. The final factor structure consists of 20 items divided into three factors, capable of explaining 65% of the variance. Indicators of internal consistency were satisfactory (0.79 < α < 0.94 for Cronbach's Alpha and 0.52 < x < 0.75 for the item-total correlations mean). The scale developed can be considered a theoretical contribution and an advance for the measurement of identity with work teams.
Resumen: El objetivo de este estudio fue desarrollar y verificar las evidencias de fiabilidad de una escala de identidad con el equipo de trabajo, compuesta por las dimensiones afectiva, cognitiva y evaluativa. Dos estudios fueron realizados. El primero busco evidencias de fiabilidad de la escala de identidad con los equipos de trabajo. Los datos fueron recogidos de una muestra de 364 personas. El estudio 2 se propuso verificar la replicabilidad de la solución factorial encontrada en el estudio 1. La muestra estuvo compuesta por las respuestas dadas por 367 empelados de una organización pública brasileña. La estructura factorial final se compuso de 20 ítems distribuidos en tres factores y fue capaz de explicar 65% de la varianza. Los indicadores de consistencia interna fueron satisfactorios (0,79 < α < 0,94 para Alpha de Cronbach y 0,52 < x < 0,75 para el valor medio de la correlación ítem-total). El desarrollo de la escala puede ser considerada una contribución teórica al campo, así como un avance en dirección de la medición de la identidad con equipos de trabajo.
Licença: Estudos de Psicologia (Natal) - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2016000200167&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 4 jan. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.5935/1678-4669.20160017
Aparece nas coleções:PST - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.