Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30199
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_EnsinoLinguaInglesa.pdf184,38 kBAdobe PDFView/Open
Title: O ensino de língua inglesa e a identidade de classe social : alguns apontamentos
Other Titles: English teaching and social class identities : some perspectives
Authors: Santos, Gabriel Nascimento dos
Andrade, Mariana Rosa Mastrella de
Assunto:: Identidade
Classes sociais
Língua inglesa
Issue Date: Sep-2016
Publisher: UNICAMP - Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL)
Citation: SANTOS, Gabriel Nascimento dos; MASTRELLA-DE-ANDRADE, Mariana Rosa. O ensino de língua inglesa e a identidade de classe social: alguns apontamentos. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 55, n. 3, p. 541-563, set./dez. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-18132016000300541&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 6 mar. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/010318135022177581.
Abstract: O ensino da língua inglesa é um importante meio de construção de identidades sociais, dentre elas, a de classe (BLOCK, 2013). Entretanto, o número reduzido de investigações a esse respeito tem deixado de chamar a atenção para sua importância. Neste artigo, buscamos discutir por que a questão da identidade de classe social deve se tornar um aspecto relevante a ser considerado e investigado no ensino-aprendizagem de línguas, em especial aqui em relação à língua inglesa. Também buscamos, por meio da Análise de Discurso Crítica (FAIRCLOUGH, 2003, VAN DIJK, 2015), apresentar um recorte de uma pesquisa que investiga de que maneira o livro didático, um instrumento de autoridade na sala de aula (TÍLIO, 2010; CORACINI, 1999), constrói identidades de classe social e quais os significados dessas identidades. Os resultados reforçam a premissa de que o ensino de inglês é, em grande medida, espaço de construção de identidades de classe, contribuindo para a manutenção de exclusões e desigualdades.
Abstract: English language teaching is an important means of constructing social identities, and among those identities we have social class identity (BLOCK, 2013). However, the small number of studies in this regard has failed to draw attention to its importance. In this article, we discuss why the issue of social class identity should become an important aspect to be considered and investigated in the language teaching-learning, especially hereafter in relation to the English language. We also seek, through the Critical Discourse Analysis (FAIRCLOUGH, 2003; VAN DIJK, 2015), present a part of a research that investigates how the English language coursebook, an authority instrument in the classroom (TILIO, 2010; CORACINI , 1999), constructs social class identities and the meanings of these identities. The results reinforce the premise that English language teaching is largely a locus for social class identities, contributing to the maintenance of exclusions and inequalities.
Licença:: Trabalhos em Linguística Aplicada - Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-18132016000300541&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 6 mar. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/010318135022177581
Appears in Collections:LET - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/30199/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.