Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/30195
Título: Relationships between motivation, cognitive styles and perception of teaching practices for creativity
Outros títulos: Relações entre motivação, estilos cognitivos e percepção de práticas pedagógicas promotoras de criatividade
Autor(es): Alencar, Eunice M. L. Soriano de
Fleith, Denise de Souza
Assunto: Estilos cognitivos
Criatividade (Educação)
Motivação
Práticas pedagógicas
Data de publicação: Jul-2016
Editor: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Referência: ALENCAR, Eunice Maria Lima Soriano de; FLEITH, Denise de Souza. Relationships between motivation, cognitive styles and perception of teaching practices for creativity. Estudos de Psicologia (Campinas), Campinas, v. 33, n. 3, p. 503-513, jul./set. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000300503&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 fev. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1982-02752016000300013.
Resumo: Este estudo investiga diferenças entre estudantes de Pedagogia e de Licenciatura em Matemática, dos gêneros masculino e feminino, de instituições públicas e particulares quanto a orientações motivacionais, estilos cognitivos e percepção de práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores, bem como relações entre essas variáveis. Trezentos e sessenta e cinco estudantes responderam a escalas referentes à motivação para aprender, estilos cognitivos e práticas docentes para a criatividade. Motivação intrínseca predominou nos estudantes da universidade particular e a extrínseca nos da universidade pública. Os dados revelaram diferenças entre cursos, gênero e tipo de universidade nos estilos cognitivos. Estudantes de universidade particular e de Pedagogia perceberam de forma mais positiva práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores. Observaram-se relações positivas entre os fatores do instrumento de práticas docentes para a criatividade, motivação intrínseca e estilo inconformista transformador e entre os diversos estilos cognitivos e orientação motivacional intrínseca e extrínseca.
Abstract: This study investigates differences between Pedagogy and Teachers' Certificate in Mathematics undergraduates, males and females, from public and private institutions with respect to motivational orientations, cognitive styles and perception of pedagogical practices for creativity implemented by their teachers, as well as relationships between these variables. Three hundred and sixty-five students answered scales regarding motivation to learn, cognitive styles, and teaching practices for creativity. Intrinsic motivation predominated in the private university students and extrinsic motivation in the public university students. The data revealed differences between courses, gender and type of university concerning cognitive styles. Private university and pedagogy students had a more positive perception of professors' teaching practices that promote creativity. Positive relationships were observed between the factors of the instrument of pedagogical practices for creativity, intrinsic motivation and nonconformist transformer style, and between the various cognitive styles and intrinsic and extrinsic motivational orientation.
Licença: Estudos de Psicologia (Campinas) - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000300503&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 fev. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-02752016000300013
Aparece nas coleções:UnB - Professores Eméritos
PED - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_ RelationshipsMotivationCognitive.pdf374,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.