Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2998
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_EversonCristianodeAbreuMeireles.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open
Title: Construção e validação do inventário fatorial dos valores de consumo - IFVC
Authors: Meireles, Everson Cristiano de Abreu
Orientador(es):: Pasquali, Luiz
Assunto:: Comportamento do consumidor
Psicologia
Issue Date: 6-Jan-2010
Citation: MEIRELES, Everson Cristiano de Abreu. Construção e validação do inventário fatorial dos valores de consumo - IFVC. 2007. 155 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: Valores têm sido apontados na literatura como bons preditores de preferência e escolha de produtos, serviços e marcas. As evidências que demonstram essa relação utilizam como medida listas genéricas de Valores Humanos Básicos. Não há na literatura relatos da existência de instrumentos de medida para os valores especificamente relacionados ao consumo. A falta de um instrumento dessa natureza motivou o presente estudo, cujo objetivo foi o de construir e validar um instrumento de medida específico para aferir os Valores de Consumo. Foram realizados dois estudos. O Estudo 1 objetivou construir um instrumento de medida para aferir os Valores de Consumo, denominado Inventário Fatorial dos Valores de Consumo – IFVC. O IFVC foi submetido à análise semântica junto a 86 participantes e também à análise de juízes, especialistas da área. O Estudo 2 objetivou apresentar dados de validade e precisão do IFVC e foi realizado com uma amostra de 1557 estudantes do Ensino Médio e Superior do Distrito Federal e adjacências. Foram feitas análises da representação do construto por meio de análises fatoriais exploratórias e confirmatórias e da análise de dificuldade e discriminação dos itens. A precisão do IFVC foi aferida por meio do índice Alfa de Crombach. A análise por hipótese foi realizada a partir do exame de correlação canônica entre o IFVC e o Portraits Questionnaire de Schwartz. A análise fatorial exploratória (PAF) indicou a presença de uma estrutura multifatorial composta por 7 fatores: Influência, Universalismo, Privacidade vs Companhia, Impulsividade vs Racionalidade, Valor Estético, Autodeterminação e Qualidade. Foram encontradas relações apenas entre os Fatores Influência e Impulsividade e entre os Fatores Valor Estético e Qualidade, sendo os demais independentes. Os índices de fidedignidade desses Fatores variaram de 0,74 a 0,93. As análises fatoriais confirmatórias forneceram indícios de que a estrutura de 7 Fatores é adequada aos dados empíricos, produzindo índices de ajuste satisfatórios e sugerindo, inclusive, que os Valores de Consumo se estruturam em três dimensões distintas: Autopromoção, Hedonismo vs Responsabilidade e Privacidade vs Companhia. As análises de correlação canônica confirmaram a hipótese da convergência entre os Valores de Consumo (IFVC) e os Valores Humanos (PQ). Quanto aos índices de discriminação e dificuldade, observou-se que os itens dos Fatores analisados são altamente discriminativos, mas não se distribuem equilibradamente no quesito de dificuldade. Os resultados de todas essas análises contribuíram para a conclusão de que o IFVC apresenta os parâmetros de validade de construto e de precisão. Os resultados são discutidos em termos da Teoria dos Valores Humanos. Acentua-se aqui a importância de novos estudos com o IFVC, sobretudo com amostras mais amplas e diversas, de forma que os resultados possam ser generalizados para a população brasileira. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Values have been appointed in literature as good predictors for preferences and choices of products, services and brands. Evidences that demonstrate this relationship utilize as measurement generic “Human Basic Values” lists. There is no record in literature of the existence of any measurement instruments for values specifically related to consumption. The lack of an instrument of this nature has motivated the present study, which has as its main object, to build and validate a specific measurement instrument to gauge consumption values. Two studies were realized. Study 1 aimed to build a measurement instrument to gauge consumption values, named Factorial Inventory of Consumption Values - IFVC. The IFVC was submitted to an 86 participants semantics assay and also to a judges and experts assay. Study 2 aimed to present IFVC accuracy and validation data, and it was realized with a 1557 sample from Secondary and Undergraduate students from Distrito Federal and adjacent areas. There were realized construct representation analyses through “exploratory and confirmatory factorial assays”, “difficulty and items discrimination assays”. The IFVC accuracy was gauged by the Crombach Alfa index. The hypotheses analysis was realized from the canonic correlation exam between de IFVC and Schwartz Portraits Questionnaire. The exploratory factorial assay (EFA) has indicated a multi-factorial structure presence composed by 07 factors: Influence, Universalism, Privacy vs Company, Impulsiveness vs Rationality, Esthetical Value, Self Determination and Quality. There were found correlations only between the Influence and Impulsiveness factors and between Esthetical and Quality factors, being the rest independent. The reliability indexes of these factors varied from 0,74 to 0,93. The factorial confirmatory assays provided indication that the 07 factors structure is applicable to empiric data, producing satisfactory and distinct adjustments (settling) indexes, suggesting indeed, that consumption values are structured on three distinct dimensions: Self-development (selfpromotion), Hedonism vs Responsibility as well as Privacy vs Company. The canonic correlations analyses confirmed the convergence among consumption values (IFVC) human values hypotheses. As for the discrimination and difficulty indexes, it was observed that the factors in the items analyzed are highly discriminative, but they do not distribute themselves evenly in the difficulty matter. The results from all these analyses contribute to the conclusion that the IFVC presents the construct and accuracy validity parameters. The results are discussed in terms of the Human Values Theory. It is emphasized here the importance of new studies with the utilization of the IFVC, especially over more ample and varied samples, in ways that the results may be generalized to the entire Brazilian population.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.
Appears in Collections:IP - Mestrado em Psicologia (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2998/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.