Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/29905
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_InterceptacoesProdutosOrigem.pdf366,24 kBAdobe PDFView/Open
Title: Interceptações de produtos de origem animal em fronteiras terrestres no Brasil
Other Titles: Interception of animal-origin products at land borders in Brazil
Authors: Eidt, Mirela Janice
Sá, Marcos Eielson Pinheiro de
Pimentel, Concepta Margaret McManus
Melo, Cristiano Barros de
Assunto:: Infecção
Fiscalização
Fronteiras
Agropecuária
Issue Date: Jul-2015
Publisher: Universidade Federal de Goiás
Citation: EIDT, Mirela Janice et al. Interceptações de produtos de origem animal em fronteiras terrestres no Brasil. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 16, n. 3, p. 388-398, jul./set. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68912015000300388&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 23 mar. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1089-6891v16i323894.
Abstract: Agentes infecciosos e doenças dos animais podem atravessar fronteiras terrestres e contribuir para a alteração do estado sanitário de países. O objetivo do presente trabalho foi, através de um estudo retrospectivo, identificar os principais produtos de origem animal interceptados e apreendidos em três unidades de vigilância agropecuária (Uvagros/MAPA) localizadas em fronteiras terrestres (secas) na região Norte do Brasil: Assis Brasil e Epitaciolândia, no Acre, e Pacaraima, em Roraima, respectivamente fronteiras com o Peru, Bolívia e Venezuela. Os principais produtos interceptados e apreendidos no trânsito internacional de veículos e passageiros em duas das três unidades foram laticínios, pescados, carnes, embutidos, de uso veterinário e para uso na alimentação animal (ração, medicamentos e insumos) e apícolas. Devem ser melhor avaliadas as possibilidades de introdução de agentes infecciosos e de doenças que podem ameaçar o Brasil, considerando os tipos de produtos apreendidos, considerando o estado sanitário dos países aqui estudados, em face da natureza clandestina do trânsito dos animais e seus produtos por estas fronteiras terrestres.
Abstract: Infectious agents and veterinary diseases can be disseminated across borders and contribute to change the country sanitary status. The aim of this study was to identify the main animal products intercepted and seized by the agricultural surveillance units. This paper studied three Agricultural Surveillance Units located at land borders in the North region of Brazil: Assis Brasil and Epitaciolândia (Acre State) and Pacaraima (Roraima State), respectively borders with Peru, Bolivia and Venezuela. The main animal products confiscated were dairy products, fish, meat, sausage, veterinary products (drugs), animal food (pet foods) and apiculture products. Given the clandestine nature of animal transit and its products in these borders, the possibilities of introduction of infectious agents and diseases must be better evaluated, considering the type of products confiscated, as well as the sanitary status of the countries of origin.
Licença:: Ciência Animal Brasileira - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution Non-Commercial, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que sem fins comerciais e que o trabalho original seja corretamente citado (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68912015000300388&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 23 mar. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1089-6891v16i323894
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/29905/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.