Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/29746
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TerapiaOcupacionalArtrite.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_OccupationalTherapyRheumatoid.pdf2,3 MBAdobe PDFView/Open
Title: Terapia ocupacional na artrite reumatoide : o que o reumatologista precisa saber?
Other Titles: Occupational therapy in rheumatoid arthritis : what rheumatologists need to know?
Authors: Almeida, Pedro Henrique Tavares Queiroz de
Pontes, Tatiana Barcelos
Matheus, João Paulo Chieregato
Muniz, Luciana Feitosa
Mota, Licia Maria Henrique da
Assunto:: Artrite reumatóide
Reabilitação
Terapia ocupacional
Issue Date: May-2015
Publisher: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Citation: ALMEIDA, Pedro Henrique Tavares Queiroz de et al. Terapia ocupacional na artrite reumatoide: o que o reumatologista precisa saber? Revista Brasileira de Reumatologia, São Paulo, v. 55, n. 3, p. 272-280, maio/jun. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0482-50042015000300272&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 10 abr. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2014.07.008. ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
ALMEIDA, Pedro Henrique Tavares Queiroz de et al. Occupational therapy in rheumatoid arthritis: what rheumatologists need to know? Revista Brasileira de Reumatologia, São Paulo, v. 55, n. 3, p. 272-280, maio/jun. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0482-50042015000300272&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 10 abr. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2014.07.008.
Abstract: Intervenções voltadas para a educação e o autogerenciamento da artrite reumatoide (AR) pelo paciente aumentam a adesão e a eficácia da abordagem precoce. A combinação de tratamento medicamentoso e tratamento de reabilitação visa a potencializar as possibilidades de intervenção, retardar o aparecimento de novos sintomas, reduzir incapacidades, minimizar sequelas e reduzir o impacto dos sintomas sobre a funcionalidade do paciente. A terapia ocupacional é uma profissão da área da saúde que objetiva a melhoria do desempenho de atividades pelo paciente e fornece meios para a prevenção de limitações funcionais, adaptação a modificações no cotidiano e manutenção ou melhoria de seu estado emocional e participação social. Devido ao caráter sistêmico da AR o acompanhamento multidisciplinar é necessário para o adequado manejo do impacto da doença sobre os mais diversos aspetos da vida do paciente. Como membro da equipe de saúde, o terapeuta ocupacional objetiva a melhoria e manutenção da capacidade funcional do paciente, prevenir o agravamento de deformidades, auxiliar o processo de compreensão e enfrentamento da doença, fornecer meios para as atividades necessárias para o engajamento do indivíduo em ocupações significativas, favorecer sua autonomia e independência em atividades de autocuidado, laborais, educacionais, sociais e de lazer. O objetivo desta revisão é familiarizar o reumatologista com as ferramentas de avaliação e intervenção usadas na terapia ocupacional, com enfoque na aplicação desses princípios para o tratamento de pacientes com diagnóstico de AR.
Abstract: Interventions focusing on education and self-management of rheumatoid arthritis (RA) by the patient improves adherence and effectiveness of early treatment. The combination of pharmacologic and rehabilitation treatment aims to maximize the possibilities of intervention, delaying the appearance of new symptoms, reducing disability and minimizing sequelae, decreasing the impact of symptoms on patient's functionality. Occupational therapy is a health profession that aims to improve the performance of daily activities by the patient, providing means for the prevention of functional limitations, adaptation to lifestyle changes and maintenance or improvement of psychosocial health. Due to the systemic nature of RA, multidisciplinary follow-up is necessary for the proper management of the impact of the disease on various aspects of life. As a member of the health team, occupational therapists objective to improve and maintaining functional capacity of the patient, preventing the progression of deformities, assisting the process of understanding and coping with the disease and providing means for carrying out the activities required for the engagement of the individual in meaningful occupations, favoring autonomy and independence in self-care activities, employment, educational, social and leisure. The objective of this review is to familiarize the rheumatologist with the tools used for assessment and intervention in occupational therapy, focusing on the application of these principles to the treatment of patients with RA.
Licença:: Revista Brasileira de Reumatologia - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution Non-Commercial No Derivative, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que sem fins comerciais, sem alterações e que o trabalho original seja corretamente citado (CC BY NC ND 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0482-50042015000300272&lng=en&nrm=iso&tlng=pt&ORIGINALLANG=pt. Acesso em: 10 abr. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2014.07.008
Appears in Collections:FCE-FIS - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/29746/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.