Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/29613
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_EvidenciasValidadeCriterio.pdf544,17 kBAdobe PDFView/Open
Title: Evidências de validade de critério da BILOv3 em crianças gaúchas
Other Titles: Evidence of criterion validity of BILOv3 in children in southern Brazil
Authors: Reppold, Caroline Tozzi
Gurgel, Léia Gonçalves
Parise, Luís Felipe
Serafim, Adriana
Dias, Anelise Silva
Joly, Maria Cristina Rodrigues Azevedo
Assunto:: Linguagem oral
Psicometria
Crianças
Issue Date: Apr-2015
Publisher: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Citation: REPPOLD, Caroline Tozzi et al. Evidências de validade de critério da BILOv3 em crianças gaúchas. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 31, n. 2, p. 155-162, abr./jun. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722015000200155&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 18 abr. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0102-37722015021235155162.
Abstract: Avaliar precocemente o desempenho de crianças em compreensão da linguagem oral é fundamental para diagnosticar possíveis dificuldades e intervir. Assim sendo, objetivou-se buscar evidências de validade de critério da Bateria Informatizada de Linguagem Oral (BILOv3), considerando-se idade, gênero e escolaridade. Participaram 474 crianças de 10 escolas gaúchas, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, entre 6 e 11 anos. Administrou-se a BILOv3 coletivamente e cada criança utilizou um microcomputador. A aplicação durou, aproximadamente, 35 minutos. Houve diferenças estatisticamente significativas em relação ao gênero nas provas Completar Histórias (CH) e Interpretar Histórias (IH), à idade para Completar Frases (CF) e CH e quanto à escolaridade, para CF, CH, IH. A BILOv3 apresenta-se sensível para captar diferenças entre o gênero, as séries escolares e idade dos estudantes e, portanto, com evidências de validade de critério. Isso sugere a possibilidade de sua utilização clínica e escolar, visando a identificação precoce de dificuldades linguísticas.
Abstract: To diagnose possible difficulties and intervene it is essential to preemptively evaluate the performance of children in oral language comprehension. In context, the present study aimed to look for evidences of criterion validity in the “Bateria Informatizada de Linguagem Oral (BILOv3)”,considering age, sex and level of education. 474 children between 6 and 11 years old, from the 5th grade of middle school from 10 schools from Rio Grande do Sul, took part in the study. The BILOv3 was administrated collectively and each child used a computer. Application of the instrument took approximately 35 minutes. Statistically significant differences were found for sex in the “Completar Histórias (CH)” and “Interpretar Histórias (IH)” tests, for age in the “Completar Frases (CF)” and “Completar Histórias (CH)” tests and for level of education in the CF, CH and IH tests. The BILOv3 is sensitive to capture differences between sex, school grade and age of students and, therefore, shows evidence of criterion validity. This suggests the possibility of clinical use and use in schools, aiming at early identification of language difficulties.
Licença:: Psicologia: Teoria e Pesquisa - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution Non-Commercial, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que sem fins comerciais e que o trabalho original seja corretamente citado (CC BY NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722015000200155&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 abr. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0102-37722015021235155162
Appears in Collections:PED - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/29613/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.