Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2947
Título: Pentecostais e práticas de consumo : experiência religiosa, cotidiano e suas fronteiras na Universal do Reino de Deus
Autor(es): Oliveira, Moacir Carvalho
Orientador(es): Santos, Eurico Antônio Gonzalez Cursino dos
Assunto: Consumo (Economia)
Corpo
Cotidiano
Estratégia
Experiência
Religião e sociologia
Religião - sociedade de consumo
Data de publicação: 16-Abr-2007
Data de defesa: 16-Abr-2007
Referência: OLIVEIRA, Moacir Carvalho. Pentecostais e práticas de consumo : experiência religiosa, cotidiano e suas fronteiras na Universal do Reino de Deus. 2007. 273 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: Pretende-se descrever e analisar certas relações entre práticas religiosas da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e a experiência cotidiana dos seus freqüentadores, enfatizando, para tanto, performances consumistas. Aqui, as opções religiosas foram entendidas como que se coordenando através dos movimentos dos vários agentes no interior de um espaço de disputas – o campo religioso -, onde estratégias distintas visando angariar legitimidade confrontavam-se constantemente. Entre tais estratégias, a sensibilidade da IURD ao cotidiano e as práticas de consumo revelou-se componente fundamental a motivar as escolhas dos seus freqüentadores. Assim, buscou-se rastrear possíveis correlações entre, por um lado, a experiência religiosa, onde o contato com o Espírito Santo, manifestações demoníacas e teologia da prosperidade seriam centrais; e, por outro, determinados desdobramentos e continuidades cotidianas, as quais excederiam e extrapolariam tudo àquilo que seria identificado como atividade ritual em sentido estrito. Trata-se de um trabalho com ênfase em métodos e técnicas qualitativas. Portanto, a observação dos cultos, materiais impressos e meios audiovisuais, unidos à aplicação de questionários semi-estruturados, basicamente fundamentaram a construção do empírico. Observou-se que a inserção e experiência religiosa são quase sempre acompanhadas por um gradual processo de reconstrução da imagem de si mesmo, num contínuo aprendizado de racionalização das emoções, do prazer e aceitação das próprias condições de vida e do corpo. Também, ao mesmo tempo que ansiedades e frustrações passavam a ser vistas como passíveis de transformação e superação, a organização da vida material e afetiva ia sendo reconduzida, sustentada por uma auto-avaliação reelaborada de merecimento e poder. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
We intend to describe and analyze certain connections between religious practices by *Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) and the everyday routine of its followers, emphasizing, for such purpose, consumerist displays. Here, the religious options have been understood as if coordinated through the movements of the several agents within a contentious arena – the religious domain -, where distinct strategies aimed at obtaining legitimacy found themselves constantly at odds. Among such strategies, the sensibility of IURD to everyday life and consumer practices has been revealed as a key factor in motivating the choices of their followers. Thus, we have attempted to track down any possible correlation between, on one hand, the religious experience, in which a close touch with the Holy Spirit, demonic manifestations and a theology of prosperity would play central roles; and, on the other hand, certain developments and continuities into everyday life, which by and large overstep all that which could be identified as ritual practices in a strict sense. This is a work presented with an emphasis on qualitative methods and techniques. Therefore, an observation of the religious services, audiovisual as well as printed materials, along with the application of semi-structured questionnaires, basically comprised the fundaments of our empirical groundwork. It was observed that the insertion and religious experience are almost always accompanied by a gradual process of recasting of one’s own self-image, in a continuous learning to rationalizing emotions, pleasure, and acceptance of one’s own body and living conditions. Also, just as anxieties and frustrations came to be regarded as susceptible to being transformed and overcome, the organizational conditions of living, family and love life came to be redirected, supported by a self-evaluation remodeled in worthiness and power.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2007.
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_MoacirCarvalhoOliveira.PDF1,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.