Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2887
Título: Mediação música e sociedade : uma análise das perspectivas ideológicas e estéticas de Claudio Santoro a partir de sua correspondência pessoal
Autor(es): Gomes, Mariana Costa
Orientador(es): Magalhães-Castro, Beatriz
Assunto: Música - aspectos sociais
Sociologia
Data de publicação: 22-Ago-2007
Data de defesa: 22-Ago-2007
Citação: GOMES, Mariana Costa. Mediação música e sociedade: uma análise das perspectivas ideológicas e estéticas de Claudio Santoro a partir de sua correspondência pessoal. 112 f. 2007. Dissertação (Mestrado em Música)-Uiniversidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: O objetivo deste trabalho é compreender os processos de mediação que ocorrem entre a obra de Santoro, intérpretes e público, como representado pelo espaço existente entre os pólos produtor - receptor. Para isto, buscou-se primeiramente compreender o contexto histórico dos processos composicionais e criativos de Santoro, as correntes estéticas vigentes nos planos nacional e internacional, e aspectos ideológicos, para, num segundo momento, se compreender os modos de relação entre obra, intérprete e o público. O trabalho foi elaborado a partir de fontes documentais diretas - especialmente a correspondência pessoal de Santoro - pertencentes ao Centro de Estudos Musicológicos - Acervo Cláudio Santoro, Programa de Pós-Graduação Música em Contexto do Departamento de Música da Universidade de Brasília. O trabalho utiliza triangulação metodológica, que permite "o uso de várias perspectivas para interpretar um mesmo conjunto de dados" (Carmo e Ferreira, 1998, p. 183), que se enquadra na proposta de se tratar a multi-focalidade do objeto deste estudo. A metodologia multifocal e a triangulação permitem um acesso às redes de relações envolvidas no processo de mediação; dessa forma, os fenômenos são compreendidos em sua totalidade, e não de forma isolada e descontextualizada. As teorias e autores diversos possibilitam múltiplas abordagens e diferentes ângulos para se visualizar o objeto, e compreender os modos de elaboração e criação artística, as formas de recepção do público, e as redes de imbricações que se estabelecem, possibilitando uma compreensão de aspectos históricos e sociológicos que influenciaram nestes mesmos processos de mediação. O enquadramento teórico se realizou a partir de conceitos de Blacking, no que se refere às relações entre música e performance; nos fundamentos da teoria da recepção como discutidos por Iser e Jauss; conceitos de Bourdieu no que tange os diversos capitais (simbólico, artístico, cultural, econômico) e as relações sociais de valoração do artista, jogo, habitus; e os aspectos discutidos por Cook, no que se refere à significação social e relação entre música e sociedade.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, 2007.
Aparece nas coleções:IdA - Mestrado em Música (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissert_Mariana Costa Gomes.pdf826,35 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.