Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2822
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_MairaZenundeOliveira.PDF1,22 MBAdobe PDFView/Open
Title: Os intelectuais na Terra de Vera Cruz : cinema, identidade e modernidade
Authors: Oliveira, Maíra Zenun de
Orientador(es):: Santos, Mariza Veloso Motta
Assunto:: Cinema brasileiro
Sociologia
Issue Date: 16-Aug-2007
Citation: OLIVEIRA, Maíra Zenun de. Os intelectuais na Terra de Vera Cruz: cinema, identidade e modernidade. 2007. 132 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: Esta pesquisa trata da relação entre cinema, identidade e modernidade, a partir da análise sociológica sobre as especificidades da narrativa audiovisual desenvolvida pela Cia. Cinematográfica Vera Cruz, empreendimento que procurou consolidar o discurso de modernização da imagem socioeconômica da realidade brasileira através do projeto de industrialização do cinema nacional. A dissertação, portanto, tem como proposta apresentar alguns aspectos sociológicos da estrutura tecnológica que deu a base para as discussões desenvolvidas pelo campo artístico-intelectual brasileiro sobre a industrialização do cinema no Brasil em relação à própria consolidação da noção de identidade nacional. Nesse sentido, foram enfatizados dois contextos socio-históricos distintos de atuação do campo cinematográfico brasileiro: a fase dos pioneiros, que corresponde à virada do século XIX para o século XX, e o momento de consolidação e falência do primeiro projeto de indústria do cinema nacional com a criação da Vera Cruz, entre as décadas de 1940 e 1950. Para tanto, a dissertação está estruturada em três momentos analíticos distintos. O primeiro capítulo refere-se ao desenvolvimento de uma discussão sobre o cinema enquanto signo da modernidade brasileira, durante a virada do século XIX para o XX, contextualizando o surgimento de um pensamento cinematográfico nacional preocupado com a questão da industrialização da produção. O segundo capítulo trata da apreciação de dados sobre a Vera Cruz – suas opções estéticas e técnicas, o formato e a estrutura criada pela empresa – a partir de uma análise sobre o contexto sociocultural da época em que a companhia foi criada. Por fim, no terceiro capítulo foi realizada uma interpretação sócio-histórica e análise fílmica detalhada sobre as imagens que costuram o documentário Obras Novas – Evolução de uma Indústria, produzido pela companhia em 1953, a fim de oferecer ao leitor uma imagem mais precisa sobre o discurso de modernização do Brasil elaborado pela Vera Cruz. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research deals with the relation between cinema, identity and modernity, from the standpoint of a sociological analysis of the specificities of the filmic narrative produced by Vera Cruz, an enterprise that endeavoured to consolidate a modernising discourse on the socio-economic image of Brazilian reality, through a project of modernization of national cinema. This dissertation therefore intends to present some sociological aspects of the technological structure that acted as support for debates occurring in the artistic as well as in the intellectual fields in Brazil, on the consolidation of a notion of national identity. For this purpose two different socio-historic contexts of action in the cinematographic field in Brazil were stressed: the Age of Pioneers, corresponding to the turn of the 20th century; and the moment of consolidation - and of the further breakdown – of that first project of a national film industry, with the creation of Vera Cruz between the decades of 1940 and 1950. In order to do so, the dissertation is structured in three different analytical moments. The first chapter refers to the development of a debate on cinema as a sign of Brazilian modernity, during the turn of the 20th century, contextualizing the irruption of a national cinematographic intellectuality concerned with the issue of the industrialisation of production. The second chapter deals with data on Vera Cruz – its technical and aesthetic options, the format and structure of the enterprise itself – by means of a analysis of the socio-cultural context of the time when the enterprise was created. Finally, in the third chapter a sociohistorical interpretation is put forward, together with a detailed filmic analysis of the images in the documentary Obras Novas- Evolução de uma Indústria, produced by the company in 1953, with the intent of offering the readers a few clear images about the Brazilian modernisation speech produced by Vera Cruz.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2007.
Appears in Collections:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2822/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.