Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/28211
Files in This Item:
File SizeFormat 
25.pdf67,39 MBAdobe PDFView/Open
Title: Anfíbios da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, região do Jalapão, Estados do Tocantins e Bahia
Amphibians from Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, Jalapão region, Tocantins and Bahia States
Authors: Valdujo, Paula Hanna
Camacho, Agustín
Recoder, Renato Sousa
Teixeira Junior, Mauro
Ghellere, José Mário Beloti
Mott, Tami
Nunes, Pedro Murilo Sales
Nogueira, Cristiano
Rodrigues, Miguel Trefaut
Assunto:: Amphibia
Anura
Gymnophiona
inventário
sítios reprodutivos
Cerrado
Amphibia
Anura
Gymnophiona
inventory
breeding sites
Cerrado
Issue Date: 2011
Publisher: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Citation: Biota Neotrop.,v.11,n.1,p.251-261,2011
Abstract: A porção norte do domínio do Cerrado é uma das áreas historicamente menos conhecidas com relação à sua biodiversidade. Recentemente, alguns estudos tem revelado valores de riqueza comparáveis a outras regiões dentro do domínio. A Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins (EESGT) está localizada na região do Jalapão, porção Nordeste do Cerrado, e faz parte do maior bloco de áreas protegidas neste domínio. Neste estudo descrevemos a riqueza e composição de espécies de anfíbios da EESGT, discutindo-as em um contexto biogeográfico, e caracterizamos o uso de sítios reprodutivos pelas espécies de anfíbios registradas em relação às fitofisionomias e aos tipos de corpos d'água. Utilizamos os métodos de busca ativa e armadilhas de queda, no período considerado como o auge da estação reprodutiva para a maior parte das espécies do Cerrado. Foram registradas 36 espécies de anfíbios na EESGT, totalizando 39 espécies conhecidas para a região do Jalapão. Aplicando o estimador Jackknife, sugerimos uma riqueza potencial de 42 espécies para a EESGT. A maior parte das espécies registradas é endêmica ou fortemente associada ao Cerrado, seguidas pelas espécies de ampla distribuição no Brasil ou América do Sul. A maior parte da espécies se reproduz em poças temporárias localizadas em áreas abertas, embora existam espécies que ocorrem exclusivamente em matas de galeria e utilizem corpos d'água lóticos para se reproduzir.
The Northern part of Cerrado is one of the biologically poorest known areas in the domain. Recent studies revealed richness values that are as high as those from other sites in the domain. The Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins is located in a region known as Jalapão, in Northeastern Cerrado, and it is included in the largest set of protected areas in the domain. We describe amphibian richness and species composition in EESGT, and discuss it in a biogeographic context. We also describe breeding sites focusing on phytophysiognomy and types of water bodies. We sampled amphibians through active search and pitfall traps, during the peak of breeding season for most of the anuran species in Cerrado. We registered 36 species, which coupled with former studies results in a regional richness of 39 species known for Jalapão. After applying Jackknife estimator, we suggest a potential richness of 42 species for the EESGT. Most registered species are endemic or strongly associated to Cerrado, followed by species widespread in Brazil or South America, and those associated with Caatinga. Most species breed in temporary ponds located in open areas, although there are some forest specialists, and stream-breeding species.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032011000100025
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28211/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.