Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/27538
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_EstudoComparativoSuperdotado.pdf231,22 kBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo comparativo sobre superdotação com famílias em situação socioeconômica desfavorecida
Other Titles: Comparative study on giftedness with socio-economically disadvantaged families
Authors: Chagas, Jane Farias
Fleith, Denise de Souza
Assunto:: Superdotados
Família
Educação especial
Issue Date: Jan-2009
Publisher: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Citation: CHAGAS, Jane Farias; FLEITH, Denise de Souza. Estudo comparativo sobre superdotação com famílias em situação socioeconômica desfavorecida. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 15, n. 1, p. 155-170, jan./abr. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382009000100011&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 fev. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-65382009000100011.
Abstract: Este estudo teve como objetivo descrever e comparar características de famílias em situação socioeconômica desfavorecida relacionadas ao desenvolvimento de comportamentos de superdotação. Participaram da pesquisa 28 famílias residentes no Distrito Federal, sendo 14 com superdotados e 14 sem filhos superdotados. Os dados foram coletados por meio do Inventário de Sucesso Parental - PSI, do Teste de Pensamento Criativo - TCP-DT e de questionário sobre características individuais e familiares do superdotado. Para a análise dos dados foram utilizados o teste t, a correlação de Pearson e estatística descritiva. Foram encontradas diferenças significativas entre os grupos com relação ao nível de comunicação, uso do tempo, práticas de ensino parental e satisfação parental. Os genitores de superdotados e não superdotados avaliaram o nível de comunicação e satisfação parental em relação a comportamento dos filhos de forma mais positiva do que seus filhos. Os resultados também indicaram uma maior participação dos pais de alunos superdotados na vida acadêmica de seus filhos. A maioria dos alunos superdotados, que participou do estudo, era do gênero masculino e ocupava posição especial na família como primogênitos e unigênitos. Além disso, não foi observada relação entre os níveis de criatividade de pais e filhos. Ficou evidenciado, porém, que os alunos superdotados apresentaram desempenho superior no teste de criatividade quando comparados aos alunos não superdotados. Os resultados chamam a atenção para o papel que a família pode desempenhar no estímulo de habilidades, talentos e interesses.
Abstract: The purpose of this study was to describe and to compare characteristics of socio-economically disadvantaged families in relation to the development of gifted behavior. Twenty-eight families from the Federal District participated in this study, among whom 14 had gifted children and 14 had non-gifted children. The data was collected through the Parent Success Inventory - PSI, the Test of Creative Thinking - Drawing Production, and a questionnaire about individual and family characteristics of the gifted. Data was analyzed using the t-test, Pearson's correlation and descriptive statistics. Differences were found between the groups with respect to communication, use of time, parental teaching practices and parental satisfaction. Parents of gifted students and non-gifted students evaluated the level of communication and parental satisfaction more positively than their children did. The results also indicated that the parents of gifted students participated more in the academic lives of their children. The majority of gifted students were boys, who occupied a special family position as the eldest or only child. In addition, no relationship was observed between creativity levels of parents and children. Nevertheless, the evidence showed that gifted students obtained higher performance on creativity tests when compared to non-gifted students. The results highlight the role that the family plays in fostering abilities, talents and interests.
Licença:: Revista Brasileira de Educação Especial - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (CC BY NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382009000100011&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 fev. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-65382009000100011
Appears in Collections:PED - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/27538/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.