Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/27523
Files in This Item:
File SizeFormat 
v17n3a14.pdf60,62 kBAdobe PDFView/Open
Title: Pesquisas de usos do tempo: um instrumento para aferir as desigualdades de gênero
Time use research: a tool to measure gender inequalities
Authors: Ramos, Daniela Peixoto
Assunto:: uso do tempo
Gênero
Desigualdade
Trabalho não remunerado
Issue Date: 2009
Publisher: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina
Citation: Rev. Estud. Fem.,v.17,n.3,p.861-870,2009
Abstract: Busca-se, neste artigo, analisar a interface entre desigualdades de gênero e usos do tempo, situando esta análise na perspectiva do desenvolvimento das pesquisas de usos do tempo e observando como se materializa nos indicadores que compõem o Retrato das desigualdades de gênero e raça. Inicialmente, são caracterizadas as pesquisas de usos do tempo, recuperando-se um pouco de seu histórico e estágio atual. Discute-se, também, a perspectiva teórica que enfatiza o gênero como categoria central para análise dos usos do tempo. Apresentam-se alguns dos principais resultados encontrados por pesquisas de usos do tempo em nível internacional e enfatizam-se os indicadores de usos do tempo produzidos a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Finalmente, sugere-se que as pesquisas de usos do tempo podem contribuir para o fomento de políticas públicas destinadas a combater as desigualdades de gênero
This paper analyses the interconnection between gender inequalities and time use, putting this analysis under the theoretic perspective of the time use surveys development and observing how it is reflected on the indicators of the Race and Gender Inequalities Picture. At first, time use surveys are characterized, and some of their history and current stage are recovered. The theoretic perspective that focuses on gender as a central category for the analysis of time use is also discussed. Some of the main results found by international time use surveys are presented, with an emphasis on the time use indicators elaborated on the basis of the Brazilian National Household Survey. Finally, it is suggested that time use surveys may contribute to foster public policies designed to attack gender inequalities
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2009000300014
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/27523/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.