Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/27412
Files in This Item:
File SizeFormat 
04.pdf134,17 kBAdobe PDFView/Open
Title: A naturalização da miséria contemporânea: análise discursiva crítica de uma circular de condomínio
Authors: Resende, Viviane de Melo
Assunto:: Análise de discurso crítica
Situação de rua
apartação
Issue Date: 2008
Publisher: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Citation: Rev. bras. linguist. apl.,v.8,n.1,p.71-91,2008
Abstract: Neste trabalho, parto do referencial teórico e metodológico da Análise de Discurso Crítica para analisar o relatório de uma reunião, apresentado como circular aos/às condôminos/as de um prédio de classe média da Asa Sul de Brasília. O tema da circular é uma reunião, realizada entre o síndico do prédio, comerciantes locais e autoridades do Governo do Distrito Federal, acerca de um grupo de "moradores de rua" que se havia estabelecido nas proximidades do edifício residencial e de estabelecimentos do comércio local. O texto foi analisado discursivamente, tendo como categorias analíticas estrutura genérica, modalidade, intertextualidade, pressuposição e avaliação. Discuto a naturalização da miséria em sociedades contemporâneas a partir da internalização de discursos hegemônicos os quais operam um apagamento de direitos sociais básicos.
Based upon Critical Discourse Analysis, this study analyses a report of a meeting, distributed as a circular to residents of a middle-class apartment building in Brasília. The circular is the outcome of a meeting held between the apartment building's representative, local businesspeople and Federal District Government authorities concerning "street dwellers" in the surrounding of the apartment building and local business establishments. The circular is considered discursively in terms of its generic structure, modality, intertextuality, presupposition and evaluation. The analysis seeks to discuss the naturalization of misery in contemporary societies through the internalization of hegemonic discourses that serve to erase basic social rights. The study argues that this is due to the repetition of these discourses in different institutional environments and in various text types.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1984-63982008000100004
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/27412/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.