Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/27274
Files in This Item:
File SizeFormat 
14.pdf239,54 kBAdobe PDFView/Open
Title: Força de preensão palmar em crianças e adolescentes saudáveis
Hand strength in healthy children and teenagers
Authors: Moura, Patrícia Martins de L. S.
Moreira, Demóstenes
Caixeta, Ana Paula L.
Assunto:: força da mão
Crianças
Adolescente
Issue Date: 2008
Publisher: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Citation: Rev. paul. pediatr.,v.26,n.3,p.290-294,2008
Abstract: OBJETIVO: Revisão de literatura sobre força de preensão palmar em crianças e adolescentes saudáveis na faixa etária de quatro a 18 anos de idade. FONTES DE DADOS: Medline, Lilacs e SciELO, no período de 2000 a 2007, utilizando-se as palavras-chave: aperto, mão, força, preensão, criança e adolescente. SÍNTESE DOS DADOS: A importância da mensuração da força de preensão é fornecer um índice objetivo da integridade funcional dos membros superiores. Estudos avaliando a força da preensão palmar vêm sendo descritos desde 1956, porém a maioria dos artigos engloba a população adulta (19 a 44 anos) e adulta média (45 a 64 anos). Somente um artigo foi publicado no Brasil a respeito da força de crianças e adolescentes. Os trabalhos relatados correlacionam a força de preensão palmar e variáveis antropométricas. CONCLUSÕES: Estudos com delineamento adequado e amostras representativas são necessários para avaliar a força da preensão em crianças e adolescentes no Brasil. Observou-se que os meninos têm força de preensão palmar maior que as meninas, principalmente após 11 anos de idade. Os fatores antropométricos como peso e altura foram os que mais significantemente se associaram à força de preensão palmar.
OBJECTIVE: To review the literature regarding hand grip strength in healthy children and teenagers with four to 18 years old. DATA SOURCES: Databases Medline, Lilacs and SciELO were searched for studies published from 2000 to 2007, using the keywords: grasp, hand, strength, grip, child and adolescent. DATA SYNTHESIS: Measures of hand grip strength are important to provide an objective index of the functional integrity of the upper limbs. Studies evaluating the hand grip strength have been published since 1956, however the majority of them enrolled adults (19 to 44 years-old) and middle-age (45 to 64 years-old) subjects. Only one article was published in Brazil about hand grip strength of children and teenagers. Most studies try to associate hand grip strength and anthropometric variables. CONCLUSIONS: Prospective randomized trials with large number of patients are needed to evaluate the hand grip strength in Brazilian children and teenagers. Boys have hand grip strength greater than girls, especially after 11 years old. The anthropometric factors such as weight and height were significantly associated with hand grip strength.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822008000300014
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/27274/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.