Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/25653
Files in This Item:
File SizeFormat 
03.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open
Title: Deficiência mental e família: uma análise da produção científica
Analisys of research in mental deficiency and family
Authors: Dessen, Maria Auxiliadora
Silva, Nara Liana Pereira
Assunto:: produção científica
deficiência mental
família
interações genitores-criança
crianças pré-escolares
research
mental deficiency
family
parent-child interactions
preschoolers
Issue Date: 2000
Publisher: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Citation: Paidéia (Ribeirão Preto),v.10,n.19,p.12-23,2000
Abstract: A produção científica na área de deficiência mental tem aumentado nos últimos anos, porém, ainda é escassa. Este estudo tem como objetivo analisar resumos de publicações científicas na área de deficiência mental e família, referentes ao período de 1985 a 1999, focalizando os temas investigados, o tamanho da amostra e as técnicas empregadas para a coleta de dados. Foi realizado um levantamento no Psychological Abstracts, nas bases de dados PsycLit e ProQuest e nos principais periódicos nacionais. Foram encontradas 304 publicações diretamente relacionadas ao assunto, sendo 38% artigos de pesquisa, 21% artigos teóricos/revisão de literatura, 20,4% livros/capítulos de livros, 10% teses/dissertações e 7,2% resenhas/comentários. Verificou-se que 44% dos artigos de pesquisa utilizaram apenas uma técnica para a coleta de dados, sendo a observação do comportamento a técnica mais empregada. Os resultados mostram que há necessidade de se estudar as famílias de crianças com deficiência mental, focalizando as interações e relações desenvolvidas entre os diferentes subsistemas familiares e, também, a importância de se adotar a teoria dos sistemas ecológicos de Bronfenbrenner para o desenvolvimento de projetos de pesquisa nesta área.
The literature on mental deficiency has increased in the recent years, although it is still scarce. This study aims to analyse abstracts of scientific publications in the mental deficiency and family area, from 1985 to 1999, focusing on research themes, size of samples, and techniques used for data collection. This analysis was based on the following sources: Psychological Abstracts, PsycLit, ProQuest and some of the main Brazilian jounals of psychology. We found 304 publications directly related to this subject classified into research articles (38%), theoretical and review articles (21 %), books and books chapters (20,4%), master's theses and doctoral dissertations (10%), and technical notes and reviews of books (7,2%). The results show us that 44% of the research articles employed only one technique for data collection, mainly behaviour observation. We conclude that it is necessary to study families of mental retardation children focusing on social interactions and relationships among different family subsystems. In addition, it could be very helpful to implement research adopting Bronfenbrenner's ecological systems theory to better understand the family development of mental retardation children.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0103-863X2000000200003
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/25653/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.