Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/25310
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_CarlosAndréLynchNunodaSilva.pdf1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Uma análise dos gastos hospitalares sob o ponto de vista da saúde suplementar
Outros títulos: An analysis of hospital expenditures under the viewpoint of health insurance
Autor(es): Silva, Carlos André Lynch Nuno da
Orientador(es): Lúcio, Magda de Lima
Assunto: Judicialização da saúde
Serviços de saúde - avaliação
Serviços de saúde
Data de publicação: 30-Nov-2017
Referência: SILVA, Carlos André Lynch Nuno da. Uma análise dos gastos hospitalares sob o ponto de vista da saúde suplementar. 2016. 94 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A expectativa de vida mundial no início do século XX até o XXI mudou de 42 anos para 72 anos, alterando drasticamente o perfil dos pacientes e suas necessidades. Novas enfermidades decorrentes dessa nova longevidade e os avanços na farmacologia, além de revolucionárias tecnologias em saúde, tornaram o financiamento da saúde da população brasileira um enorme desafio. Isso passou a exigir uma capacidade de gerir as organizações do setor de uma forma mais técnica e consistente. Passou também a exigir uma determinação de estratégias e posturas que visem contribuir com este novo e complexo processo. Também a exigir uma multiplicidade de novos profissionais de diversas áreas como administrativa, financeira, jurídica, dentre outras. O mercado de saúde no Brasil, sobretudo a partir dos anos 90, mudou. Globalização, tecnologia de ponta, a forte regulamentação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a crescente judicialização do setor saúde, a tecnologia da informação e outros fatores levaram a isso. O modelo de pagamento de serviços médico-hospitalares adotado no Brasil foi o Fee For Service (Pagamento por Procedimento). O modelo consiste em remunerar os serviços de saúde de acordo com os eventos realizados, um a um. Por exemplo, a remuneração para um cidadão que machucou a perna resulta no pagamento de honorários ao médico que o atendeu em um serviço de pronto socorro. Se foi necessário gaze e álcool para limpar a perna remunera-se isso. Se precisar de um analgésico, cobra-se o remédio ou remédios utilizados. Se engessar a perna, cobrar-se-á gesso, esparadrapo e o salto da bota, e quanto mais insumos forem utilizados no evento, maior a remuneração. Diferente seria se o atendimento a uma pessoa com a perna machucada custasse X Reais para ser resolvido. Imaginemos o que aconteceria, de forma similar, se o pagamento aos bombeiros se desse por cada incêndio apagado. Não seria raro vê-los provocando incêndios por melhores remunerações. Assim sendo, e é o caso da saúde privada no Brasil, atendimentos hospitalares costumam ser bem mais onerosos às fontes pagadoras do que atendimentos em consultórios ou clínicas. A observação é de que isso encerra enormes desperdícios com gastos hospitalares desnecessários como forma de melhorar a remuneração do setor, sem necessariamente levar em consideração a resolutividade do atendimento, sem analisar a performance do serviço e desestimulando gastos com promoção e prevenção de saúde.
Abstract: Life expectancy in the early twentieth century to the twenty-first changed from 42 years to 72 years, dramatically changing the profile of the patients and their needs. New diseases resulting from this new longevity and advances in pharmacology, and revolutionary health technology, made the financing of the health of the Brazilian population a huge challenge. This has required an ability to manage organizations in a more technical and consistently sector. It also started to require a determination of strategies and attitudes that aim to contribute to this new and complex process. Also require a multiplicity of new professionals from various fields such as administrative, financial, legal, among others. The healthcare market in Brazil, especially since the 90s has changed. Globalization, technology, strong regulation of the National Health Agency (ANS), the increasing legalization of the health sector, information technology and other factors have led to this. The payment model of medical services adopted in Brazil was the Fee for Service (Pay Per Procedure). The model consists of remunerating health services according to the events held, one by one. For example, the compensation to a citizen who injured his leg results in the payment of fees to the doctor who attended on a first aid service. If it was necessary gauze and alcohol to clean the leg-pays that. If you need a painkiller, snake is the remedy or remedies used. If plastering leg, charge shall be plaster, adhesive tape and the boot heel, and the more inputs are used in the event, the greater the compensation. Different would be the care of a person with the injured leg would cost X Reais to be resolved. Imagine what would happen in a similar way, if payment to firefighters that for every fire extinguished. It would be not rare to see them causing fires for better remuneration. Therefore, and in the case of private health care in Brazil, hospital visits are usually much more expensive to payers than attendance in offices or clinics. The observation is that it contains huge waste on unnecessary hospital expenses in order to improve the sector's pay without necessarily taking into account the resoluteness of care, without analyzing the performance of the service and discouraging spending on promotion and prevention of health.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Economia, Mestrado Profissional em Economia, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ECO - Mestrado Profissional em Economia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.