Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/25216
Título: “Aqui as flores nascem no concreto” : negociações nas atuações laborais de agentes socioeducativos
Autor(es): Andrade, Aedra Sarah de
Orientador(es): Oliveira, Maria Cláudia Santos Lopes de
Assunto: Socioeducação
Medidas socioeducativas
Data de publicação: 12-Nov-2017
Data de defesa: 18-Ago-2017
Referência: ANDRADE, Aedra Sarah de. “Aqui as flores nascem no concreto”: negociações nas atuações laborais de agentes socioeducativos. 2017. xv, 161 f., il. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: No Brasil, o cenário das unidades de atendimento de medidas socioeducativas é dinâmico e complexo. A efetivação da legislação referente a adolescentes autores de atos infracionais vem se construindo, mas ainda enfrenta obstáculos cotidianos. Visando contribuir com estudos científicos orientados nesta direção, a dissertação voltou-se para trabalhadores das unidades de atendimento socioeducativo, mais especificamente para os do cargos de Agente Socioeducativo, por entendê-los como implementadores de uma política pública, logo, cruciais para sua efetivação. Desta forma, o estudo busca analisar significações coletivas e pessoais de agentes socioeducativos relacionadas ao próprio contexto de atuação laboral. Como orientação teórica, partiu-se de uma perspectiva dialógica do desenvolvimento humano e discutiu-se ainda a dimensão do trabalho como contexto mediador de processos de desenvolvimento. Quanto à metodologia, organizou-se por um paradigma qualitativo, reconhecendo e privilegiando as relações entre pesquisador e participantes, assim como a construção coletiva dos resultados da pesquisa. Os principais procedimentos utilizados foram os de observação participante, diário de campo e entrevistas semiestruturadas, de natureza narrativa, realizadas com dez agentes socioeducativos. Os resultados foram analisados inspirados na técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), como forma de discutir as construções bilaterais entre sujeitos e coletividade, apresentar efervescências das coletividades e assegurar maiores garantias de sigilo e anonimato em relação as contribuições dos participantes. Os resultados da pesquisa foram organizados em quatro eixos temáticos que buscaram discutir negociações, ambivalências e potencialidades presentes no grupo de participantes. O primeiro eixo discute características sociodemográficas dos ocupantes do cargo no Distrito Federal; o segundo, debate a entrada e a estadia dos participantes no Sistema Socioeducativo; o terceiro aborda relações interpessoais vivenciadas no Sistema vii Socioeducativo e o quarto, o vínculo entre adolescentes e agentes socioeducativos como estratégia de ação socioeducativa. As conclusões sinalizam para a compreensão de que o grupo de agentes socioeducativos encontra-se em transformação, com negociações e tensões. Há pluralidade de significações e de concepções diante do trabalho realizado, do público atendido e das formas como os trabalhadores interpretam suas ocupações laborais. Tantas diversidades questionam interpretações superficiais e generalizantes sobre esse grupo de trabalhadores e suas atuações e evidenciam que há experiências exitosas e emancipatórias no Sistema Socioeducativo, tanto para adolescentes, quanto para profissionais.
Abstract: In Brazil, the context of the socio-educational measures unit is dynamic and complex. The implementation of the legislation regarding teenagers who commit acts of infraction has been built, but still faces daily obstacles. Aiming to contribute with scientific studies oriented in this direction, the dissertation has focused in on workers of the socio-educational service units, more specifically on those of the positions of Socio-Educational Agent, understood as implementers of a public policy, therefore, crucial for its effectiveness. In this way, the study seeks to analyze collective and personal meanings of socio-educational agents related to the context of work performance. As a theoretical guide, a dialogic perspective on human development has developed as well as the dimension of work as a mediating context of development processes has been discussed. The methodology has been organized by a qualitative paradigm, recognizing and privileging the relations between researcher and participants, as well as the collective construction of the results of the research. The main procedures used were participant observation, journal and semi-structured interviews, of a narrative nature, carried out with ten socio-educational agents. The results were analyzed by the Collective Subject’s Discourse (CSD) technique, as a way of discussing the bilateral constructions between subjects and collectivity, to present the dynamism of the collectivities and ensuring greater guarantees of secrecy and anonymity in relation to the contributions of the participants. The results of the research have been organized into four thematic axes that sought to discuss the negotiations, ambivalences and potentialities present in the group of participants. The first axis discusses sociodemographic characteristics of the occupants of the post in the Federal District. The second discusses the entry and the stay of the participants in the Socioeducational System; The third deals with interpersonal relationships experienced in the Socioeducational System and the fourth, the link between adolescents and socioix educational agents as a socio-educational action strategy. The conclusions signal to the understanding that the group of socio-educational agents is in transformation, with negotiations and tensions. There are pluralities of meanings and conceptions in the face of the work performed, the audience attended and the ways in which workers interpret their occupations. So many diversities question superficial and generalizing interpretations of this group of workers and their actions and show that there are successful and emancipatory experiences in Socioeducational System, both for adolescents and professionals. Key words: socio-educational agent, labor actuations, socio-educational measures.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PED - Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AedraSarahdeAndrade.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.