Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/25119
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_ControleTransmissaoDoencaChagas.pdf509,73 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O controle da transmissão da doença de Chagas em Mambaí - Goiás, Brasil (1982-1984)
Autor(es): Garcia-Zapata, Marco Túlio
Marsden, Philip Davis
Virgens, Domingos das
Penna, Roberto
Soares, Vânia
Brasil, Iberaci Americano do
Castro, Cleudson Nery de
Prata, Aluizio
Macêdo, Vanize de Oliveira
Assunto: Trypanosoma cruzi
Triatoma
Inseticidas
Chagas, Doença de
Data de publicação: Out-1986
Editora: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Referência: GARCIA-ZAPATA, Marco Túlio et al. O controle da transmissão da doença de Chagas em Mambaí - Goiás, Brasil (1982-1984). Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 19, n. 4, p. 219-225, out./dez. 1986. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86821986000400004&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 08 nov. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821986000400004.
Resumo: A aplicação de inseticidas em Mambaí-GO, desde 1980, está determinando uma diminuição progressiva inicial de Triatoma infestans no intradomicilio, mas não a sua eliminação. A infestação triatominica foi detectada através de diversos métodos de vigilância imediata (transversal) e a longo prazo (longitudinal), com a colaboração dos próprios moradores. No primeiro ano de controle foi observada uma queda signiflcante de 28,6 % a 13,5%, mas devido a uma falha no programa de expurgos, em 1981, esta cifra voltou a elevar-se (23,2%). A continuidade desses expurgos nos anos seguintes resultou em um declínio gradual, atingindo em 1984 o nível de 14,2%. Simultaneamente a percentagem intradomiciliar de T. sórdida tendeu a aumentar, embora a infecção tripanossômica tenha sido sempre mínima. O conjunto destes achados sugerem que o controle do T. infestans com o uso exclusivo de inseticidas (BHC e Deltametrina) é difícil e oneroso. Precisando-se, portanto, o uso de medidas supletivas integradas aos sistemas de controle de doença de Chagas, que encorajam a participação ativa das comunidades afligidas, estimuladas mediante programas educativos.
Abstract: The spraying with insecticides in Mambaí - GO in 1980 caused a Progressive decrease of intradomiciliary T infestans but not its eradication. With the collaboration of the local population triatomine infestation was detected using several vigilance methods. In the first year of control there was a significant decrease from 28.6% to 13.5%, but because of failures in the spraying program during 1981, this level increased to 23.2%. The continuation of selective spraying in subsequent years resulted in a progressive fall, and in 1984 14.2% of the houses registered bugs. Simultaneously the percentage of intradomiciliary T. sórdida tended to increase but T. cruzi infection rema ined low. These findings suggest that control of T. infestans using only insecticides (BHC and Deltamethrin) is difficult and expensive. Community participation is essential in programmes for the control of Chagas ' disease. Consequently, the use of integrated measures is necessary in the control of Chagas' disease to encourage the active participation of afflicted communities, stimulated through educational programs.
Licença: Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (CC BY NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86821986000400004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 08 nov. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821986000400004
Aparece nas coleções:FMD - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.