Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2503
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_Patrícia Neves Raposo.pdf978,81 kBAdobe PDFView/Open
Title: O impacto do sistema de apoio da Universidade de Brasília na aprendizagem de universitários com deficiência visual
Authors: Raposo, Patrícia Neves
Orientador(es):: Mitjáns Martínez, Albertina
Assunto:: Aprendizagem
Deficiência visual
Ensino superior
Cegos - educação
Estudantes universitários - deficientes visuais
Pessoas com deficiência visual - Universidade de Brasília (UnB)
Issue Date: 2-Dec-2006
Citation: RAPOSO, Patrícia Neves. O impacto do sistema de apoio da Universidade de Brasília na aprendizagem de universitários com deficiência visual. 2006. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo compreender o impacto do sistema de apoio da Universidade de Brasília na aprendizagem de universitários com deficiência visual. Esse sistema desenvolve distintas ações de apoio, por meio de tutores especiais e das tecnologias assistivas de que se pode dispor no meio acadêmico. No ensino superior, a aprendizagem de conceitos científicos caracteriza-se como um processo complexo e diverso, que não pode ser definido apenas como um conjunto de aquisições e de recursos instrumentais organizados como estratégias de apoio. Compreendemos que esse processo constitui a dimensão subjetiva do sujeito, que imprime um caráter singular ao curso de sua aprendizagem. Desse modo, a aprendizagem está implicada pelos sujeitos e pelos espaços em que atuam concretamente. Como referencial teórico norteador do nosso trabalho, optamos pela perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano, particularmente aportada por Vigotski e González Rey, que nos proporciona uma nova compreensão sobre o sujeito e sua constituição subjetiva. Vigotski inaugura uma concepção sobre o sujeito com deficiência visual e compreende a unidade entre aprendizagem e desenvolvimento como fundamental para o campo educacional. González Rey nos mostra um sujeito reflexivo e ativo que interage dinamicamente com os sujeitos e os contextos dos quais participa. A aprendizagem é compreendida como um processo da subjetividade, nas suas dimensões individual e social, que envolve os significados e emoções produzidos nos distintos espaços. A metodologia utilizada teve como base a epistemologia qualitativa proposta por González Rey, que oferece, nos seus pressupostos, elementos fundamentais para viabilizar o estudo dos fenômenos humanos complexos. Optamos pelo estudo de caso, utilizando instrumentos abertos e semi-estruturados, tais como: entrevista, técnica de completamento de frases, redação, observação e análise documental. Três alunos com deficiência visual, seis alunos tutores especiais e sete professores dos cursos de Pedagogia e de Ciências Contábeis participaram da pesquisa. Como conclusão, percebemos de modo evidente que os recursos técnicos e tecnológicos proporcionaram a acessibilidade dos universitários com deficiência visual à informação. Destacamos, de modo semelhante, a importância do papel instrumental do aluno / tutor especial nas diferentes ações de apoio desenvolvidas, dentro e fora da sala de aula. Consideramos que o aspecto relacional que implicou os sujeitos em uma complexa rede envolve experiências e vivências além do próprio conhecimento científico. A facilitação da aprendizagem de conceitos científicos por meio dos apoios proporcionados gerou oportunidades de acessibilidade aos sujeitos com deficiência visual. No entanto, os distintos tipos de aprendizagem identificados não se caracterizaram, somente, pela quantidade e qualidade da instrumentalização proporcionada. Vários aspectos articularam-se na constituição das aprendizagens e dos elementos da subjetividade que influenciam a aprendizagem de cada sujeito. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present work discusses the impact of the University of Brasília's support system on the learning process of its visually impaired students. This system involves various support actions employing students' tutors and assistive technologies available in the academic environment. At the undergraduate level, the learning of scientific concepts is a complex process that goes beyond the simple acquisition of skills and instrumental resources organized only as support strategies. We assume that the learning process constitutes the subjective dimension of the individual, and this assumption defines the singularity of a learning process designed by the individuals in the contexts where they act. The historical-cultural perspective of human development advanced by Vigotsky's and Gozález Rey's theory guides our work. This perspective brings a new understanding about the learning of scientific concepts specially its subjective dimension. Vigotski proposes a new understanding of the visually impaired individual that includes the importance of the unity between the development and learning process as the fundamental basis for education. González Rey shows us a reflexive and active subject that dynamically interacts with the other subjects and its contexts. Learning is understood as a process of subjectivity in its individual and social dimensions that comprehends the meaningfulness and the emotions produced in the environment. The adopted methodology was based on the Qualitative Epistemology proposed by Gozález Rey which offers as assumptions some fundamental elements that allow the study of the complex human phenomena. The adopted methods were the case study with open and semi-structured interviews, technique sentences completion, written texts, content analysis of documents and field observations. Three students with visual impairment, six tutor students and seven teachers of the Pedagogy and Accounting courses participated in the research. In sum, we observed that the technical and technological resources allowed the accessibility to information of university students with visual impairment. We also noted the importance of the instrumental role of the student tutor in different support actions developed inside and outside the classroom. We consider that the relational characteristics that introduced the subjects in a complex web involve experiences that go beyond the acquisition of scientific knowledge. The learning of scientific concepts was helped through support actions which created accessibility to the subjects with visual impairment. Nevertheless the different observed types of learning were not marked by the quantity and quality of the instrumental support. Many aspects integrated the formation of the learning process and participated of the elements of the subjectivity that affected each subject's learning.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2006.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2503/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.