Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24966
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_DiscrepanciasResultadosReacoes.pdf297,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Discrepâncias entre resultados de reações de Guerreiro-Machado executadas em diferentes laboratórios
Autor(es): Prata, Aluizio
Mayrink, W.
Sodré, A. G.
Almeida, J. O.
Assunto: Avaliação de resultados (Cuidados médicos)
Data de publicação: Mar-1976
Editora: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Referência: PRATA, A. et al. Discrepâncias entre resultados de reações de Guerreiro-Machado executadas em diferentes laboratórios. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 10, n. 2, p. 103-105, mar./abr. 1976. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86821976000200009&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 nov. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821976000200009.
Resumo: Reações de fixação de complemento feitas em três laboratórios, usando basicamente a mesma técnica, apresentaram resultados discrepantes com soros chagásicos. Somente 16 soros de um lote de 26 pacientes em fase aguda de infecção tiveram resultados positivos nos três laboratórios, embora nenhum deles fosse unanimente negativo. Quando 224 soros de casos parasitologicamente comprovados de doença de Chagas foram examinados, resultados positivos foram obtidos em 95% deles em um laboratório, 89% em outro e apenas 64% no terceiro. Os resultados mostraram que as discrepãncias observadas dependiam da qualidade dos antígenos usados, dando ênfase à necessidade não só da padronização dos preparados antigênicos, como também da metodologia do teste, a fim de se poder ter resultados comparáveis quanto à sensibilidade e especificidade da reação de Guerreiro-Machado.
Abstract: Complement-fixation tests performed in three laborarories, using basically the same tecnique, presented discrepant results with Chagasic sera. Only 16 sera from a lot of 26 in the acute phase of the infection had positive tests in the three laboratories, although none of them presented a consensus of negative tests. When 224 sera from parasitologically proven cases of Chagas disease were tested, positive results were obtained in 95% of them in one laboratory, 89% in the second one and only 64% in the other. The results showed that the discrepancies observeddependedof the quality of the antigens used, stressing the necessity of the standardization not only of the antigen preparations but also of the methodology of the tests, in order to have comparable results in the Guerreiro-Machado tests, in sensitivity and specificity.
Licença: Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (CC BY NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86821976000200009&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 nov. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821976000200009
Aparece nas coleções:FMD - Artigos publicados em periódicos



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.