Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24940
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JoséHumbertodaCruzCunha.pdf4,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Estudo do emprego da taxonomia como instrumento auxiliar para decisões táticas no processo de auditoria
Autor(es): Cunha, José Humberto da Cruz
Orientador(es): Araújo Júnior, Rogério Henrique de
Assunto: Taxonomia
Auditoria contábil
Gestão de riscos
Decisões táticas
Data de publicação: 1-Nov-2017
Referência: CUNHA, José Humberto da Cruz. Estudo do emprego da taxonomia como instrumento auxiliar para decisões táticas no processo de auditoria. 2017. 210 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Estuda o uso da taxonomia como instrumento auxiliar para decisões táticas no processo de auditoria contábil. Propõe um modelo de taxonomia que permita a identificação de procedimentos de auditoria a partir de lições aprendidas de erros e fraudes. Analisa conceitualmente a construção dessa metodologia a partir da aplicação como modelo de representação de lições aprendidas. Mapeia na literatura contábil os riscos de distorção para validação técnica da estrutura taxonômica e mostra analiticamente o risco de detecção mediante as trilhas conceituais sustentadas por relações lógicas da Teoria do Conceito. É um estudo exploratório que tem como procedimento técnico o levantamento bibliográfico e a pesquisa documental, os quais subsidiam as análises qualitativas. São defendidas as teses de que a taxonomia facetada é um instrumento de auxílio às decisões táticas na auditoria contábil e, que a estrutura da taxonomia como linguagem documentária permite a recuperação de informações de lições aprendidas numa trilha formada por relações lógicas entre termos de diferentes facetas. A análise de conteúdo é aplicada em documentos obtidos junto à duas instituições que executam auditoria independente. Vale-se de casos de estudos de Deloitte (Estados Unidos da América), uma das quatro maiores empresas de auditoria do mundo, atuante sobretudo na área privada e, um caso do Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável pela auditoria independente nas contas públicas do Governo Federal brasileiro. Os resultados obtidos indicam a taxonomia como instrumento auxiliar às decisões dos auditores quanto à escolha de procedimentos com base na análise de risco de distorções provocados por erros ou fraudes; e, que a sequência lógica do processo de auditoria, refletida nas trilhas na estrutura de classificação da taxonomia correspondem às etapas objetivas sugerindo a redução de subjetividade nas escolhas do auditor, por conseguinte, ajuda na gestão do risco de auditoria.
Abstract: This research approaches a taxonomy model that permits to identify audit procedures based on lessons learned caused by errors or fraud. It is an auxiliary device structure used by tactical decision making for an accounting audit process. It suggests a taxonomy as informational management tool for the audit process. Also, the taxonomy’s methodological development as lessons learned representation model was analyzed conceptually. In sequence, it maps the distortion risks, which is based on audit field to validate technically a taxonomy structure and analytically show that distortion risks are supported by logical relationship from Conceptual Theory on conceptual audit trails. This is an exploratory study that has a bibliography and a documentary research as technical procedure, which support its qualitative analysis. There are two thesis assertions. First, a faceted taxonomy is a device used by tactical decision making on accounting audit process. Second, that taxonomy structure is like a documentary language which allows an information recovery process of lessons learned by an audit trail, and that is formed by logical relationship between terms from different faceted categories. A content analysis is applied on a set of documents brought from two independent audit organizations. One of them comes from Deloitte at United States, one of four biggest companies around the world, working in private sector. The other one comes from a Federal Accounting Court (Tribunal de Contas da União - TCU), public entity responsible for independent auditing on Brazilian Federal Government. The results obtained indicate that a taxonomy as an auxiliary instrument used by auditor’s decision making for choosing audit tests, which is based on distortion risks analysis, and caused by errors and fraud. Also, the audit process’ logical sequence is reflected by the taxonomy audit trails and corresponds as objective steps, which means a subjective reduction on auditor’s choice, and consequently helps on audit risk management.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.