Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24936
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_MarcosJuniorSantosdeAlvarenga.pdf3,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: “Cozinha também é lugar de magia” : alimentação, aprendizado e a cozinha de um terreiro de Candomblé
Autor(es): Alvarenga, Marcos Junior Santos de
Orientador(es): Lobo, Andréa de Souza
Coorientador(es): Woortmann, Ellen Fensterseifer
Assunto: Candomblé
Alimentação
Religião e cultura
Terreiro
Data de publicação: 1-Nov-2017
Referência: ALVARENGA, Marcos Junior Santos de. “Cozinha também é lugar de magia”: alimentação, aprendizado e a cozinha de um terreiro de Candomblé. 2017. 160 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este trabalho visa apresentar algumas das dimensões mais expressivas que compõe o universo da cozinha de um terreiro de Candomblé, demonstrando como tais dimensões fazem da própria cozinha e da alimentação elementos centrais para o cotidiano dos terreiros. A hipótese que partilho é que a cozinha centraliza parte importante do ideário religioso que estrutura as relações dentro de um terreiro. A cozinha de santo é o local de preparo por excelência dos alimentos e pratos sagrados, um lugar de magia e transformação que atravessa toda a comunidade religiosa como um grande rio, articulando informações e saberes, tornando-se, assim, espaço estratégico para a formação dos filhos de santo.
Abstract: This study aims at introducing some of the highly expressive dimensions that constitute the universe of the Candomblé kitchen. It demonstrates how these dimensions make the kitchen, as well as its corresponding feeding processes/rituals, play out as central elements in the daily life of Candomblé houses. This study hypothesizes that the kitchen centralizes a significant amount of religious ideology and that the kitchen structures the relationships in the Candomblé house and practice. The kitchen is the place where incredibly sacred food and dishes are prepared. Just like a river, the Candomblé kitchen is a place of magic and transformation that crosses the entire religious community. It is a place where knowledge is articulated and shared, and is therefor a strategic space for the training for and formation of the “filhos de santo”.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.