Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24888
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_AnaLuizaMatiasCorreia.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeito da suplementação de β-hidroxi-β-metilbutirato ácido livre (hmb-fa) na recuperação do dano muscular induzido pelo exercício em homens fisicamente ativos
Authors: Correia, Ana Luiza Matias
Orientador(es):: Lima, Ricardo Moreno
Assunto:: Dano muscular
Músculos - ferimentos e lesões - tratamentos
Músculos - desempenho
Suplementos dietéticos
Issue Date: 25-Oct-2017
Citation: CORREIA, Ana Luiza Matias. Efeito da suplementação de β-hidroxi-β-metilbutirato ácido livre (hmb-fa) na recuperação do dano muscular induzido pelo exercício em homens fisicamente ativos. 2017. xii, 80 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O dano muscular induzido pelo exercício promove a redução da amplitude de movimento articular, da produção de força muscular e da velocidade de execução do movimento, afetando negativamente o desempenho físico. Estratégias de recuperação do dano muscular induzido pelo exercício, como a intervenção dietética, têm por objetivo reduzir os efeitos e sintomas do próprio dano, restaurar a capacidade de produção de trabalho e função muscular mais rapidamente e/ou reduzir a magnitude do dano inicial. Objetivo: Investigar o efeito da suplementação de HMB-FA na recuperação do dano muscular induzido pelo exercício em homens fisicamente ativos. Materiais e Métodos: O estudo, realizado em um desenho randomizado duplo-cego, foi composto por quatro visitas. Vinte indivíduos com idade entre 18 e 30 anos, do sexo masculino, praticantes de atividade física regular há pelo menos doze meses, foram divididos em dois grupos: suplementação (GS) e controle (GC). Os indivíduos foram submetidos, em repouso, à avaliação dos marcadores indiretos de dano muscular: pico de torque isométrico, capacidade de trabalho, espessura muscular, salto vertical com contramovimento e dor muscular tardia. Após a primeira avaliação, os voluntários ingeriram uma única dose de 3g de placebo (GC) ou HMB-FA (GS), e permaneceram em repouso, durante 60 minutos. Em seguida, os indivíduos foram submetidos a um protocolo de indução de dano muscular, composto por sete séries de 20 saltos. Imediatamente após, 24, 48 e 72 horas após a realização do protocolo de dano muscular, foram avaliados novamente os marcadores indiretos de dano muscular. A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro-Wilk. As características da amostra e a experiência em treinamento foram comparados pelo teste T independente. Os marcadores indiretos de dano muscular nos dois grupos e nos quatro momentos foram analisados por uma análise de variância mista de dois fatores (Grupo x Momento), com post hoc Least Significant Difference (LSD). O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05. Resultados: Não houve diferenças entre os grupos nas características antropométricas, na experiência de treinos e no consumo alimentar (p > 0,05). Não houve interação significativa para grupos e momentos na força isométrica (p = 0,950), na espessura muscular (p = 0,953) e na dor muscular tardia (p = 0,127). Entretanto, houve interação significativa na capacidade de trabalho (p = 0,021). O GP apresentou uma redução significativa da capacidade de trabalho imediatamente após, 24h, 48h e 72h, em relação ao pré (p < 0,05). Já o GS apresentou redução apenas imediatamente após (p = 0,003). Vinte e quatro horas após o protocolo, o GS já não apresentou diferenças em relação ao pré (p > 0,05). Não houve interação significativa na altura do salto vertical (p > 0,05). Entretanto, o GS recuperou o desempenho na altura do salto vertical mais rapidamente que o GP (p < 0,05). Conclusão: A suplementação de uma única dose de HMB-FA antes do exercício excêntrico intenso acelera a recuperação da capacidade de trabalho e tende a contribuir para a recuperação do desempenho muscular, mesmo não exercendo influência na força isométrica, no edema muscular e na dor muscular tardia.
Abstract: Exercise induced muscle damage induces decrements in range of motion, maximal strength and motion velocity that impair physical performance. So, strategies to recover exercise induced muscle damage, such as dietetic intervention, aim to reduce the effects and symptoms of muscle damage, to repair work capacity and muscle function briefly, and/or to reduce the magnitude of damage. Purpose: To investigate the effect of HMB-FA supplementation on exercise-induced muscle damage in physically active men. Methods: This study was designed as a randomized, placebo-controlled and double-blinded trial. Twenty physically active men, aged between 18 and 30 years, attended to the laboratory four times and were divided in two groups: supplementation (GS) and placebo (GP). The individuals were submitted in rest to evaluations of indirect markers of muscle damage: peak torque, total work, muscle thickness, countermovement vertical jump and muscle soreness. Following the first evaluation, the volunteers ingested a single 3g doses of placebo (GP) or HMB-FA (GS), and rested by 60 minutes. After supplementation intake and rest, all volunteers were submitted to an inducing muscle damage protocol composed by seven sets of 20 drop jumps. Immediately after, 24h, 48h, and 72h after drop jump protocol, the indirect markers of muscle damage were measured. Data normality were verified by Shapiro-Wilk test. Sample characteristics, training experience, and dietary consumption were compared by independent T test. Muscle damage indirect markers in both groups and all moments were assessed by a two factors mixed-model variance analyses (Group x Moment), with post hoc Least Significant Difference (LSD). Significance level was adopted as p ≤ 0.05. Results: There were no significant differences between groups for sample characteristics, training experience and dietary consumption (p > 0.05). There were no significant interactions for group x moment in peak torque (p = 0,950), muscle thickness (p = 0,953), and muscle soreness (p = 0,127). However, there was a significant interaction in total work (p = 0,021). GP showed a significant reduction in total work immediately after, 24h, 48h and 72h, compared to pre (p < 0.05), while GS showed a significant reduction in total work only immediately after drop jumps protocol (p = 0,003). Twenty-four to seventy-two hours after protocol, GS showed no difference in total work compared to pre (p > 0.05). There was no significant interaction in vertical jump high (p > 0.05). However, GS recovered jump performance quicker than GP (p < 0,05). Conclusion: A single 3g dose supplementation of HMB-FA before an intense eccentric exercise accelerate work capacity recovery and tends to contribute to jump performance recovery, despite not having any influence in isometric muscle strength, muscle swelling and muscle soreness.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24888/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.