Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24777
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_IsadoraOliveiraRocha.pdf1,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Perspectivas de adolescentes do sexo feminino sobre gênero e violência : um estudo feminista
Outros títulos: Perspectives of female adolescents on gender and violence : a feminist study
Autor(es): Rocha, Isadora Oliveira
Orientador(es): Diniz, Gláucia Ribeiro Starling
Assunto: Violência doméstica
Violência familiar
Saúde mental - adolescentes
Data de publicação: 9-Out-2017
Referência: ROCHA, Isadora Oliveira. Perspectivas de adolescentes do sexo feminino sobre gênero e violência: um estudo feminista. 2017. 180 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: De que modo adolescentes do sexo feminino que presenciam em seu dia-a-dia a violência doméstica sofrida por suas mães compreendem as várias formas de manifestações de violência e são afetadas por elas? Essa questão de pesquisa mobilizou o nosso interesse em realizarmos um estudo qualitativo, pautado em uma perspectiva feminista e de gênero, com adolescentes do sexo feminino que presenciam e são vítimas de violências em seu contexto familiar. A pesquisa contou com a participação de duas adolescentes e suas mães. As mães desempenharam importante função. Suas falas foram essenciais para complementar as informações fornecidas pelas filhas. Elas ofereceram perspectivas do olhar materno sobre as vivências das filhas e a relação com as violências. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas individuais com as participantes. As adolescentes responderam também a um questionário demográfico. Após a coleta, os dados foram transcritos e submetidos à análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa foram organizados em três categorias: 1) história de vida e violências; 2) perspectivas das adolescentes sobre gênero, violência e relacionamento; 3) impactos da exposição à violência na vida das adolescentes. A estrutura da dissertação é composta por quatro artigos. Os dois primeiros artigos são teóricos. Os dois últimos artigos são empíricos e apresentam os resultados da pesquisa. Todos os artigos foram desenvolvidos com o objetivo de valorizar as interações entre saúde mental, gênero e violências. Os desafios da vivência em um ambiente familiar marcado pela presença de violências receberam destaque nos quatro artigos que compõem a dissertação de mestrado. É nosso interesse compreender como as violências repercutem nas vidas e na saúde, especialmente na saúde mental, de adolescentes do sexo feminino.
Abstract: In which ways female adolescents that witness violences perpetrated against their mothers in their daily lives understand the various manifestations of violences and are affected by them? This research question mobilized our interest in doing a qualitative study, based on a gender and feminist perspective, with female adolescents that witness and are victims of violences in their family environment. Two adolescents and their mothers participated in the research. The mothers played an important role in the process. Their own testemony was essencial to complement the information provided by their daughters. They offered their perspective regarding their daughters experiences in witnnessing violences. Data was collected through semistructured interviews with the adolescents. The adolescents also filled out a demographic questionnaire. After data collection, the data was transcribed and submited to a content analysis. The results were organized in three categories: 1) Life history and violences; 2) Adolescents perspectives on gender, violence and relationship; 3) Impacts of the exposure to violences in the daily lives of the adolescents. The dissertation was written in the format of four articles. Two of them are theoretical and the final two are empirical and present the results of the research. All articles were developed with the purpose of valuing the interactions between mental health, gender and violence(s). The challenges of living in a family environment marked by the presence of violence is highlighted in the four articles that make up the dissertation. Our interest was to understand how violence impacts on the lives and health, especially the mental health, of female adolescents.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.