Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24756
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_AnaPaulaRezendeCosta.pdf4,09 MBAdobe PDFView/Open
Title: Impacto da ingestão de sódio na resposta adaptativa inflamatória, oxidativa e vasomotora e na recorrência em curto e longo prazo de eventos cardiovasculares em pacientes com infarto do miocárdio
Authors: Costa, Ana Paula Rezende
Orientador(es):: Sposito, Andrei Carvalho
Assunto:: Sódio - consumo alimentar
Consumo alimentar
Coração - doenças
Infarto do miocárdio
Resposta inflamatória
Issue Date: 6-Oct-2017
Citation: COSTA, Ana Paula Rezende. Impacto da ingestão de sódio na resposta adaptativa inflamatória, oxidativa e vasomotora e na recorrência em curto e longo prazo de eventos cardiovasculares em pacientes com infarto do miocárdio. 2010. vii, 118 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: As doenças cardiovasculares ocupam uma posição de destaque na saúde pública pela forte associação com o aumento da mortalidade e pela sua expansão marcante nos países em desenvolvimento. As mudanças no estilo de vida dos brasileiros e seu impacto na prevalência dos fatores de risco para doenças cardiovasculares permanecem pouco conhecidos. Dentre os componentes alimentares, a associação entre o consumo de sal e a manifestação de eventos cardiovasculares é a menos explorada até o momento. O objetivo do presente estudo é avaliar a associação entre o consumo de sódio e a resposta inflamatória, o estresse oxidativo, a resposta endotelial e hemodinâmica e a incidência de morte ou eventos cardiovasculares recorrentes em pacientes com infarto agudo do miocárdio. Trata-se de uma coorte prospectiva de pacientes com infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST que, além da avaliação médica, coleta de exames bioquímicos, realização de ecocardiograma, foram submetidos a uma criteriosa avaliação nutricional, com coleta de dados de antropometria e consumo alimentar. Foram estudados 299 pacientes com idade média de 59 anos. O consumo de sódio esteve positivamente associado a uma maior mortalidade e recorrência de eventos em curto e longo prazo, bem como a pronunciados estresse oxidativo e resposta inflamatória e hemodinâmica. Não houve alteração significativa da resposta endotelial entre os grupos de maior e menor consumo de sódio. Os resultados sugerem que uma redução do consumo de sódio populacional deve ser considerada uma prioridade para a saúde pública.
Abstract: Cardiovascular diseases occupy a prominent position in public health from the strong association with increased mortality and its remarkable expansion in developing countries. Changes in lifestyle of the Brazilians and their impact on the prevalence of risk factors for cardiovascular disease remain largely unknown. Among the dietary components, the association between salt consumption and manifestation of cardiovascular events is less explored so far. The aim of this study is to evaluate the association between sodium intake and inflammatory response, oxidative stress, endothelial and hemodynamics responses and the incidence of death or recurrent cardiovascular events in patients with acute myocardial infarction. This is a prospective cohort of patients with acute myocardial infarction with ST-segment elevation that, beyond the medical evaluation, collection of biochemical tests, echocardiography, underwent a thorough nutritional assessment, with data of food consumption and anthropometry. We studied 299 patients with mean age of 59 years. Sodium intake was positively associated with higher mortality and recurrent events in short and long term as well as the pronounced oxidative stress and inflammatory and hemodynamics response. There was no significant change in the endothelial response between groups of higher and lower sodium intake. The results suggest that a reduction in population sodium intake should be considered a priority for public health.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2010.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24756/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.