Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24715
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_DiferentesMetodosCultivo.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os diferentes métodos de cultivo de cacau no sudeste da Bahia, Brasil : aspectos históricos e percepções
Outros títulos: The different methods of cocoa farming in southeastern Bahia, Brazil : historical aspects and perceptions
Autor(es): Piasentin, Flora Bonazzi
Saito, Carlos Hiroo
Assunto: Cacaueiro - cultivo
Bahia (BA)
Agricultura
Desenvolvimento sustentável
Data de publicação: Jan-2014
Editora: MCTI/Museu Paraense Emílio Goeldi
Referência: PIASENTIN, Flora Bonazzi; SAITO, Carlos Hiroo. Os diferentes métodos de cultivo de cacau no sudeste da Bahia, Brasil: aspectos históricos e percepções. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 9, n. 1, p. 61-78, jan./abr. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222014000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 10 jul. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222014000100005.
Resumo: O cultivo de cacau (Theobroma cacao L.) foi introduzido na Bahia em 1746 e expandiu-se principalmente na região sudeste do estado. O presente estudo identificou os principais métodos de cultivo de cacau adotados nessa região ao longo do tempo, ressaltando suas práticas, aspectos de seu contexto histórico e percepções sobre eles por parte de alguns agentes sociais. Para tanto, revisou-se a literatura existente sobre o tema e realizaram-se entrevistas com indivíduos que possuem amplo conhecimento sobre a cacauicultura na região. Como resultado, identificaram-se seis principais métodos de cultivo de cacau, que apresentaram diferentes vantagens e desvantagens para os agricultores e uma gradação entre o plantio completamente exposto ao sol (corte e queima) até o plantio com sombreamento denso (cabruca). Diferentes razões foram percebidas como justificativa para a preferência dos agricultores locais pelo método da cabruca tradicional.
Abstract: Cocoa farming (Theobroma cacao L.) was introduced in the State of Bahia, Brazil, in 1746 and was disseminated especially in its southeastern region. This research identified the main cocoa farming methods adopted in that region over time, highlighting its practices, aspects of their historical context and the perceptions about them by some social agents. To achieve this goal, the literature on the theme was reviewed and individuals with extensive knowledge on cocoa cultivation in the region were interviewed. As a result, six main cocoa farming methods were identified, which presented different advantages and disadvantages to farmers and a range from shadeless (slash and burn) to densely shadowed cultivation (cabruca). Different reasons were perceived as justification for the preference of local farmers for the traditional cabruca method.
Licença: Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)). Fonte: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222014000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 10 jul. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222014000100005
Aparece nas coleções:CDS - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.