Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24710
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CaracterizacaoCultivoCacau.pdf204,18 kBAdobe PDFView/Open
Title: Caracterização do cultivo de cacau na Região Econômica Litoral Sul, Sudeste da Bahia
Authors: Piasentin, Flora Bonazzi
Saito, Carlos Hiroo
Assunto:: Cacaueiro - cultivo
Bahia (BA)
Produtividade agrícola
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD), e de Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS) da Univates
Citation: PIASENTIN, Flora Bonazzi; SAITO, Carlos Hiroo. Caracterização do cultivo de cacau na Região Econômica Litoral Sul, Sudeste da Bahia. Estudo & Debate, Lajeado, v. 19, n. 2, p. 63-80, 2012. Disponível em: <http://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/575>. Acesso em: 10 jul. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v19i2a2012.575.
Abstract: Este artigo visou a analisar algumas características dos principais municípios que cultivam cacau no Estado da Bahia. Utilizou-se como base para essa análise dados do Cadastro de Produtores da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC) referentes a 8.873 estabelecimentos rurais registrados em 13 municípios da região Litoral Sul. Foram identificadas quatro principais categorias de estabelecimentos rurais: familiar, lote em assentamento de reforma agrária, empresarial e patronal, sendo esta última categoria a mais frequente. Em uma análise posterior, subdividiu-se a categoria propriedade patronal em duas subcategorias, dependendo do tipo de mão de obra predominantemente empregada. Os níveis de produtividade média de cacau em todos os estabelecimentos rurais agrupados por município, tamanho e regime de propriedade da terra foram classificados no nível baixo. A menor produtividade média de cacau verificou-se entre os lotes em assentamento de reforma agrária e a maior concentração no cultivo de cacau foi apresentada nos estabelecimentos de empresas. Observou-se elevada dependência econômica na produção de cacau (84,6%) nos estabelecimentos rurais visitados, apontando para a necessidade de maior diversificação agrícola, a fim de melhorar a sustentabilidade dessas propriedades.
Abstract: This article aimed at analyzing some characteristics of the main municipalities that cultivate cacao and its rural farms in the State of Bahia. As a basis for this analysis the database of the Producer Cadastre of the Executive Commission of the Cacao Plantation Crop (CEPLAC) concerning 8,873 rural farms in 13 municipalities in the Litoral Sul region was employed. Four main categories of rural farms were identified: Family, allotment in agrarian reform settlement, firm and patronal. The patronal category was the most frequent. In a later analysis, this category was subdivided in other two categories, depending on the type of labor mainly employed in the farm. The average cacao productivity levels in all rural farms clustered by municipality, size and land tenure were classified in the low level. The lowest average cacao productivity was verified among the allotments while the highest concentration on cacao was presented among firms. A high economic dependence on the cacao production (84,6%) was observed in the rural farms visited, indicating the need to stimulate diversification to improve its sustainability.
Licença:: Direitos autorais 2017 Flora Bonazzi Piasentin, Carlos Hiroo Saito. Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.
DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v19i2a2012.575
Appears in Collections:CDS - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24710/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.