Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24675
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAPITULO_SujeitoAgenciaInformacional.pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open
Title: Sujeito e agência informacional : comportamento, prática e ação
Other Titles: Subject and informational agencies: behavior, practice and action
Authors: Rabello, Rodrigo
Assunto:: Sujeito
Agência informacional
Issue Date: 2017
Publisher: IBICT
Citation: RABELLO, Rodrigo. Sujeito e agência informacional: comportamento, prática e ação. In: GONZÁLEZ DE GÓMEZ, MARIA NÉLIDA; RABELLO, RODRIGO (Org.). Informação: agentes e intermediação. Brasília, DF: IBICT, 2017. 101-152 p. Disponível em: <http://livroaberto.ibict.br/handle/123456789/1068>. Acesso em: 29 set. 2017.
Abstract: Considerando demandas informacionais contemporâneas, relaciona abordagens de agência informacional de modo a trazer luz a concepções de sujeito na ciência da informação. Identificam-se aspectos que transcendem ao contexto intermediador tocante ao sistema de informação, que parte do pressuposto de atores estritos como profissional e usuário de informação, de modo a admitir outros sujeitos influentes em políticas informacionais e que atuam em dessemelhantes regimes de informação. Para tanto, consideram-se desafios informacionais e teóricos contemporâneos e investigam-se agências informacionais (comportamento, prática e ação) identificando aspectos convergentes e divergentes. Observa-se que o construto “ação de informação” tem se apresentado como alternativa que tem comportado novos objetos de estudo – como a validação da informação à luz dos distintos estratos informacionais – ao considerar, entre outros aspectos, uma noção ampla de sujeito e a convivência de diferentes formas de agência informacional.
Abstract: Considering contemporary informational demands, informational agency approaches are related in order to bring light to conceptions of subject in information science. Aspects that transcend the intermediator context concerning the information system are identified, which starts by assuming strict actors as information professional and user, in order to admit other influential subjects in informational policies and who act in different information regimes. Thus, contemporary informational and theoretical challenges are considered and informational agencies (behavior, practice and action) are investigated, identifying convergent and divergent aspects. It is observed that the “information action” construct has presented itself as an alternative that has entailed new objects of study, such as the validation of information in the light of the different informational strata, by considering, among other aspects, a broad notion of subject and the coexistence of different forms of informational agency.
Licença:: CC - BY - 2017 Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
Appears in Collections:FCI - Livros e capítulos de livros

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24675/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.