Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24642
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_MaryRosedeAssisMoraesCouto.pdf46,98 MBAdobe PDFView/Open
Title: Os Clubes de Ciências e a iniciação à ciência : uma proposta de organização no ensino médio
Authors: Couto, Mary Rose de Assis Moraes
Orientador(es):: Laranjeiras, Cássio Costa
Assunto:: Ciências - estudo e ensino
Iniciação científica
Ciências (Ensino médio)
Projetos - educação
Issue Date: 25-Sep-2017
Citation: COUTO, Mary Rose de Assis Moraes. Os Clubes de Ciências e a iniciação à ciência: uma proposta de organização no ensino médio. 2017. 248 f., il. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O objetivo dessa pesquisa foi investigar os Clubes de Ciências como estratégia de Iniciação à Ciência na Educação Básica, sobretudo no Ensino Médio. Como ambientes não formais de educação científica no espaço escolar, os Clubes de Ciências têm como marco do seu surgimento no Brasil os anos 50 do século XX, quando se propôs fortemente o desenvolvimento de projetos de ensino baseados na vivência do chamado “Método Científico”. Embora os Clubes de Ciências sejam apontados como relevantes para o Ensino de Ciências, identificamos a necessidade de estudos que possam subsidiar o trabalho dos professores quanto à adequada e efetiva utilização dos clubes no desenvolvimento de projetos de investigação científica no ambiente escolar. Neste sentido, o presente estudo analisou o caso específico de um Clube de Ciências em funcionamento há 13 anos em um Centro de Ensino Médio de Brasília, Distrito Federal. A partir da análise de projetos desenvolvidos, entrevistas semiestruturadas com estudantes e professores, observação direta e participante, além da análise de materiais produzidos, identificamos e registramos sinalizações relacionadas à condução do trabalho investigativo e ao processo de Iniciação à Ciência com os estudantes. Os resultados da nossa investigação mostram que quando os estudantes estão desenvolvendo projetos de investigação científica no Clube de Ciências, demonstraram maior envolvimento com os estudos, maior aquisição de conhecimentos científicos, maior autonomia intelectual e, também, maiores habilidades e atitudes sociais críticas e reflexivas. Podemos concluir que tais habilidades são devidas ao despertar do espírito investigativo surgido das interações dialógicas entre estudantes interessados e curiosos e professores que instigaram situações problematizadoras. Com o objetivo de orientar o professor, e a título de Proposição de Ação Profissional, apresentamos uma estrutura básica (organizacional, científica e pedagógica) para a formação de Clubes de Ciências em escolas de Educação Básica, contendo orientações metodológicas e sugestões de atividades.
Abstract: The objective of this study was to investigate Science Clubs as an Introduction to Science strategy in basic education, especially in High School. As informal scientific education environments, Science Clubs has as point of emergence in Brazil the fifties of the 20th century, when it was highly proposed the development of education projects based on the Scientific Method. Although Science Clubs are pointed as relevant to science teaching, we identify the need of studies that can provide subsidies for teachers' work regarding proper and effective utilization of these clubs in the development of scientific research projects in the school environment. In this regard, this study analyzed the specific case of a thirteen years old Science Club in a high school in Brasilia, Distrito Federal. From the analysis of the projects developed, registry files, semi-structured interviews with students and teachers, direct and participant observation, in addition to materials developed, we have identified and recorded significant signs related to the conduction of investigative work and to the process of Introduction to Science with students. The results of our investigation are showing that when the students are developing scientific research projects in the Science Club, they demonstrate greater study involvement, greater scientific knowledge acquisition, greater intellectual autonomy and, also, greater critical and reflexive social skills and attitudes. We can conclude that such abilities are due to the awakening of the investigative spirit emerged from the dialogic interactions between interested and curious students and teachers who instigated problem-solving situations. With the objective of guiding the teacher, and as a Pedagogical Action Proposal, we presented a basic structure (organizational, scientific and pedagogical) for formation of Science Clubs in high schools, with methodological orientations and activities suggestions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação, Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Física, Instituto de Química, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Mestrado Profissional em Ensino de Ciências, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IQ - Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24642/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.