Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24606
Título: Efeito do distanciamento da BR-020 na produtividade primária líquida, concentração de N e S na serapilheira foliar e eficiência no uso de N e S de uma comunidade vegetal da Estação Ecológica de Águas Emendadas
Autor(es): Corrêa, Inésio Antônio Marinho
Orientador(es): Jacobson, Tamiel Khan Baiocchi
Assunto: Biogeoquímica
Unidade de conservação ambiental
Dióxido de nitrogênio
Dióxido de enxofre
Data de publicação: 20-Set-2017
Data de defesa: 7-Jul-2017
Referência: CORRÊA, Inésio Antônio Marinho. Efeito do distanciamento da BR-020 na produtividade primária líquida, concentração de N e S na serapilheira foliar e eficiência no uso de N e S de uma comunidade vegetal da Estação Ecológica de Águas Emendadas. 2017. xv, 59 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: As emissões de dióxido de enxofre (SO2) e dióxido de nitrogênio (NO2) provenientes da queima de combustíveis fósseis podem estar contribuindo para a alteração do metabolismo das comunidades vegetais, influenciando na ciclagem de nutrientes em ecossistemas terrestres e aquáticos. Como várias unidades de conservação, a Estação Ecológica Águas Emendadas (ESECAE) tem seu perímetro poligonal conectado a rodovias e significativa expansão urbana. Considerando que sulfato e nitrato podem ser absorvidos via estômatos, as comunidades vegetais , principalmente, as localizados na borda, estão expostas, a efeitos resultantes da emissão de gases de veículos automotores. Sendo assim, o objetivo da presente pesquisa foi verificar o efeito da distância da rodovia federal BR-020 na produtividade primária líquida, concentração de N e S na serapilheira foliar e eficiência no uso de N e S em uma comunidade vegetal localizada na parte sul da ESECAE. O delineamento experimental foi instalado em uma área de seis ha e foi composto de seis tratamentos (60, 80, 110, 170, 290 e 350 m de distância da rodovia), onde foram instalados coletores de serapilheira (0,25 m2 a 50 cm do solo), com cinco repetições por tratamento. A serapilheira foi coletada mensalmente e, bimensalmente, a fração folha foi submetida à análise para determinação da concentração de N e S. Considerando os valores mensais, foi possível identificar efeito da distância da rodovia somente nos padrões de concentração e eficiência no uso de S. Observamos que ocorreu maior constância nos valores destes parâmetros com maior concentração da S na serapilheira e menores valores até 60 em relação às faixas mais internas. Considerando os valores anuais, houve diminuição na EUS e maior concentração e fluxo de S na serapilheira foliar até 60m em relação às distâncias mais internas da comunidade (80-350). Não se observou diferenças significativas na produção primária líquida, na concentração e eficiência no uso de N. Concluímos que o efeito do distanciamento da rodovia BR-020 ocorre até 60m e só é significativo quando as variáveis PPL e concentração de S são analisadas conjuntamente. Assim, mudança nos padrões de ciclagem de S em comunidades vegetais em contato com rodovias deve ser considerada na criação e elaboração de planos de manejo das unidades de conservação nacionais e internacionais.
Abstract: Sulfur dioxide (SO2) and nitrogen dioxide (NO2) emissions derived from fossil fuels’ burning may be altering plant communities’ metabolism and as well as the terrestrial and the aquatic ecosystems’ nutrient cycling. The Estação Ecológica de Águas Emendadas (ESECAE), like many conservation units, has its perimeter connected to highways and urban expansion areas. Considering that stomata can absorb sulfate and nitrate, plant communities, mainly those located nearby the boarders, are exposed to the effects of motor vehicle gas emissions. Therefore, the purpose of this research was to evaluate the distance from the BR-020 federal highway on the primary net productivity, the leaf litter N and S concentrations and the N and S usage efficiency on the South part of the ESECAE reserve. The experimental design was placed in a six-hectare area, composed by six treatments (60, 80, 110, 170, 290 and 350 m away from the highway), using litter collectors (0,25 m2 litter collector at 50 cm above ground), with 5 replicates per treatment. Litter was collected monthly and every other month, the N and S concentrations from the litter leaf fractions were measured. Considering the monthly values, we only identified the effect of the distance on the S concentration patterns and its usage efficiency. We noticed a higher uniformity on these parameter’s values with higher S concentration on the litter and lower values until 60 m in comparison to the internal bands. Considering the annual values, the EUS reduced and the S flux and concentrations were higher on the foliar litter until 60 m when compared to the innermost community distances (80-350). We didn’t notice any significant differences on the primary net production nor on the N concentration and its usage efficiency. We concluded that the distance from the BR-020 highway effect occurred up to 60 m and was only significant when the PPL and S concentrations were analyzed together. Thus, S cycling pattern changes in plant communities nearby highways must be taken into consideration on the management planning of national and international conservation units.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_InésioAntonioMarinhoCorrêa.pdf1,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.