Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2460
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_HenriqueRTorres.pdf12,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: As organizações dos catadores de material reciclável : inclusão e sustentabilidade : o caso da associação dos catadores de papel, papelão e material reaproveitável, Asmare, em Belo Horizonte, MG
Authors: Torres, Henrique Rodrigues
Orientador(es):: Zaneti, Izabel Cristina Bruno Bacellar
Assunto:: Gestão ambiental
Integração social
Produtos reciclados
Cooperativismo
Lixo - reciclagem
Issue Date: Feb-2008
Citation: Torres, Henrique Rodrigues. As organizações dos catadores de material reciclável: inclusão e sustentabilidade: o caso da associação dos catadores de papel, papelão e material reaproveitável, Asmare, em Belo Horizonte, MG. 2008. 138 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: O presente estudo busca discutir a inclusão social e a sustentabilidade da gestão dos resíduos sólidos urbanos promovidos por meio das organizações de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis, para tal, foi feito um estudo de caso da Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável, ASMARE, em Belo Horizonte, MG. A gestão dos resíduos sólidos tem sido considerada uma problemática sem soluções práticas. Além da questão econômica, como o desequilíbrio entre a receita e as despesas, pode-se relacionar as questões ambientais, com o impacto gerado pelo grande número de lixões, e as sociais, pela incidência de catadores informais nas ruas e nos vazadouros a céu aberto de muitos municípios brasileiros. A reciclagem surge como uma alternativa, porém, o país não possui um sistema organizado que dê suporte à ações para esta finalidade. Dentre as questões que dificultam a reciclagem temos: o número insuficiente de municípios que aplicam a coleta seletiva; a concentração de indústrias recicladoras na região sudeste; e a baixa demanda pelos produtos reutilizados e reciclados. Estes fatores fazem com que a coleta seletiva seja oito vezes mais cara do que a tradicional. Neste contexto, aparecem as organizações de catadores de materiais recicláveis, intituladas de associações ou de cooperativas. Assim, surgiu a problemática do presente trabalho, que busca responder: até que nível a ASMARE contribui para a inclusão social dos catadores e para a sustentabilidade da gestão integrada dos resíduos sólidos urbanos em Belo Horizonte? Em uma abordagem qualitativa e quantitativa o estudo buscou entender o contexto da ASMARE e dos seus associados, dos catadores de rua de BH na época da formação do grupo e da gestão de resíduos sólidos urbanos nesse município, desde a década de 1980 até os dias atuais. Para tal, no primeiro momento foram aplicados questionários com 148 associados e feito entrevistas semi-estruturadas em quatro deles, na segunda etapa consiste em pesquisas em relatórios técnicos, trabalhos científicos, dissertações e bibliografias. Assim, buscou-se as respostas significativas do contexto histórico e da atualidade sobre os catadores de rua de Belo Horizonte, os associados à ASMARE e os aspectos técnicos da gestão dos resíduos sólidos em BH. Conclui-se que a organização estudada foi um meio de mobilidade social possibilitando aos catadores de rua serem inseridos no processo de gestão de resíduos sólidos e serem aceitos pela sociedade belo-horizontina. No quesito sustentabilidade, a ASMARE contribui para que esta gestão atenda às questões sociais, como a inclusão social e a humanização do trabalho do catador, e as questões ambientais, como a diminuição do uso dos recursos ambientais por meio da reciclagem e dos impactos causados pela disposição do lixo, além da diminuição dos gastos públicos com a coleta e a destinação. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The following study aims to discuss social inclusion and the sustainability of solid urban waste management through organizations of scavengers [collectors] of recyclable and re-usable materials. In this way, a case study was done of the Scavengers [Collectors] of Paper, Cardboard, and re-usable materials Association (ASMARE) in Belo Horizonte, MG. Solid waste management has been considered a problem without practical solutions. More than an economic issue, due to the inbalance between the available operational budget and expenses; it is an environmental issue, due to the impact created by the large numbers of dumpsters; as well as a social issue, given the existence of informal collectors in the streets and in landfills of many Brazilian municipalities. Recylcing then comes as an alternative, however, the country does not have a well structured system that could support actions towards mainstreaming this alternative. Here are some issues among others that make recycling difficult: insufficient numbers of municipalities that have selective garbage collection [collection of recyclables], a concetration of reclycling industries in the Southeast, and the low demand for reusable and recyclable products. These factors make selective garbage collection eight times more expensive that the traditional garbage collection. It is within this context that we find the scavengers [collectors] of recyclable materials, named as associations or cooperatives. In this way, the present study attempts to answer the following question: to which point does ASMARE contribute to the social inclusion of the scavengers [collectors] and to the sustainability of the integrated solid urban waste management in Belo Horizonte? Using qualitative and quantitative methods, the study aimed to understand the context in which ASMARE and its associated are found, and that of the scavengers [street collectors] in BH during the formation of the group and as part of the management of solid urban waste in this municipality, since the decade of 1980 to today. In order to do so, firstly, questionaires were given to 148 associates and semi-structured interviews were done for four of these. The second stage consisted of research through technical reports and scientific papers, essays and bibliography. In this way, answers were sought about the historical context, as well as about recent developments of the scavengers in Belo Horizontes; the ASMARE associates; and technical aspects of solid waste management in BH. It was concluded that the organization in question was a medium for social mobility, making it possible for scaevengers [street collectors] to become part of the solid waste management process and accepted by Belo Horizonte’s society.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2008.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2460/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.