Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24588
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AugustoArcela.pdf3,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Diversidade da araneofauna de mata de galeria do Cerrado e suas respostas à manipulação da estrutura ambiental na serapilheira
Autor(es): Arcela, Augusto
Orientador(es): Motta, Paulo César
Assunto: Aracnídeos - habitat
Aranha
Ecologia - Cerrados
Habitat (Ecologia)
Serapilheira
Data de publicação: 20-Set-2017
Referência: ARCELA, Augusto. Diversidade da araneofauna de mata de galeria do Cerrado e suas respostas à manipulação da estrutura ambiental na serapilheira. 2017. x, 99 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Aranhas sofrem influência da estrutura do habitat ao seu redor, seja por efeitos diretos ou indiretos. A serapilheira é de grande importância para esse grupo, já que compõe grande parte do substrato utilizado. Alguns estudos indicam que a maior complexidade da estrutura ambiental influencia positivamente a diversidade de aranhas. Com a finalidade de testar essa hipótese, o presente trabalho avalia os impactos gerados dois meses após a manipulação da serapilheira na diversidade e composição de famílias de aranhas e de outras ordens de Arachnida. Poucos estudos avaliaram tais efeitos nesse grupo, principalmente no Cerrado. Para tanto, foram instaladas 60 parcelas de 9 m² cada em quatro tratamentos de manipulação da serapilheira na Mata de Galeria do Capetinga (UnB/DF). Os efeitos de adição, remoção ou substituição da serapilheira por galhos foram comparados com um grupo controle. As coletas dos aracnídeos foram feitas com pitfalls e aspirador de folhas, enquanto dados de profundidade, cobertura, temperatura e umidade relativa da serapilheira foram mensurados. Os dados obtidos foram analisados por estatística descritiva, curvas de acúmulo de diversidade, perfis de Renyi e testes de hipóteses. A representação da composição da comunidade e as suas respostas à alteração nas variáveis preditoras foi avaliada por ordenação (PCA, PCoA, nMDS e RDA). O trabalho também descreve a estrutura da comunidade de aranhas da mata em estudo. Foram coletadas 1660 aranhas, com representantes de 33 famílias de Araneae e três ordens de Arachnida. As famílias mais representativas foram Lycosidae, Linyphiidae, Theridiidae, Araneidae e Ctenidae. Os métodos de coleta demonstraram complementariedade na fauna. O acréscimo de serapilheira apresentou efeitos positivos na diversidade de aranhas coletadas por pitfalls, enquanto sua remoção levou à redução da diversidade de aranhas coletadas na vegetação pelo aspirador. Embora de curta duração, esse efeito observado corrobora a hipótese da heterogeneidade do habitat. Supõe-se que tal brevidade tenha ocorrido devido a processos de decomposição e compactação que afetaram a estrutura, assim como ao fato de não haver removido a serapilheira continuamente. Além disso, o estudo demonstra a alta resiliência da araneofauna desse habitat. Não se observou significância entre a dissimilaridade de Bray-Curtis nos tratamentos, embora se tenha observado um efeito positivo na diversidade em uma combinação de fatores estruturais e microclimáticos. Os ambientes com maior profundidade da serapilheira, e também com maior umidade e menor temperatura são preferenciais à araneofauna.
Abstract: Spiders are influenced by the habitat structure around them, whether through direct or indirect effects. Litter is of great importance for this group, since it comprises a large part of the utilized substrate. Studies indicate that the higher complexity of environmental structure positively influences the diversity of spiders. To test this hypothesis, this study evaluates the impacts caused on the diversity and composition of spider families and other orders of Arachnida, in the two subsequent months after litter manipulation. Few studies evaluated these effects on this group, especially in the Cerrado biome. Sixty plots of 9 m² were evaluated in four different treatments of litter manipulation at Mata do Capetinga (UnB/DF), a tropical riparian forest. The effects of addition, removal or replacement of litter for coarse wood debris were compared with a control group. Pitfall and suction methods were used for arachnid sampling, while depth, coverage, temperature and relative humidity of litter in the plots were measured. These data were analyzed by descriptive statistics, diversity accumulation curves, Renyi profiles and hypothesis tests. The representation of the community composition and its responses to changes in predictive variables were evaluated by ordination (PCA, PCoA, nMDS and RDA). It is also described the structure of the Capetinga spider community. A total of 1,660 spiders were collected, represented by 33 families of Araneae and other three orders of Arachnida. Lycosidae, Linyphiidae, Theridiidae, Araneidae and Ctenidae were the most representative families, and complementarity was observed in the fauna collected by the different sampling methods. Addition of litter presented positive effects on the diversity of spiders collected by pitfalls, while the removal of litter caused the reduction of diversity of spiders collected by suction sampling. Although of short duration, this effect corroborates the hypothesis of habitat heterogeneity. It is assumed that such briefness occurred due to processes of compression and decomposition that affected the litter structure while in the middle of the rainy season, as well as the fact that the litter hasn't been continually removed. Furthermore, the study demonstrates the high resilience of the spider fauna in this habitat. No significance was observed in the Bray-Curtis dissimilarity between treatments, although a positive effect on diversity was observed in a combination of structural and microclimatic factors. Habitats with higher depth of the litter, higher humidity and lower temperature were preferred by the spider fauna.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.