Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24581
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_(In)visibilityViolenceAgainstWomen.pdf614,49 kBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_(In)visibilidadeViolenciaMulheres.pdf632,54 kBAdobe PDFView/Open
Title: (In)visibilidade da violência contra as mulheres na saúde mental
Other Titles: (In)visibility of violence against women in mental health
Authors: Pedrosa, Mariana
Zanello, Valeska
Assunto:: Violência contra as mulheres
Saúde mental
Pessoal da área médica
Issue Date: 2016
Publisher: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Citation: PEDROSA, Mariana; ZANELLO, Valeska. (In)visibilidade da violência contra as mulheres na saúde mental. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 32, n. spe, e32ne214, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000500213&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 set. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0102-3772e32ne214. __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
PEDROSA, Mariana; ZANELLO, Valeska. (In)visibility of violence against women in mental health. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 32, n. spe, e32ne214, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000500213&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 set. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0102-3772e32ne214.
Abstract: O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento acerca da percepção, crenças e conhecimentos sobre violência contra as mulheres e políticas públicas em profissionais de saúde mental. Foram realizadas 12 entrevistas e, a partir da análise de seus conteúdos, foram criadas cinco categorias: “percepção das demandas apresentadas por homens e mulheres”, “experiência no atendimento a mulheres que sofreram violência”, “relação entre violência e saúde mental”, “conhecimento sobre a Lei Maria da Penha e políticas públicas para as mulheres” e “(des)conhecimento da notificação compulsória da violência contra as mulheres”. Os profissionais apresentaram dificuldade para lidar com o tema, principalmente relacionada à notificação da violência e ao encaminhamento do caso. A atuação é baseada na intuição e não em conhecimentos teórico práticos.
Abstract: The aim of this study was to analyze the perception, beliefs and knowledge of mental health professionals about violence against women and public policies related to this issue. To accomplish this objective, 12 interviews were carried out. Based on data analysis, five themes were proposed: “perception of demands presented by women and men”, “experience in providing care to women victims of violence”, “link between violence and mental health”, “knowledge about the Maria da Penha Law and women-centered public policies”, “(Lack of) knowledge about the compulsory notification of violence against women”. Professionals had difficulties dealing with these themes, especially related to addressing and notifying violence. Their practices are based on their intuition rather than on theoretical and practical knowledge.
Licença:: Psicologia: Teoria e Pesquisa - Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons. Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000500213&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 19 set. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0102-3772e32ne214
Appears in Collections:PCL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24581/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.