Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24529
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_SérgioRicardoAlvesKnust.pdf3,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: Sofrimento no trabalho : estudo de caso de riscos psicossociais em um órgão do Poder Legislativo Federal
Authors: Knust, Sérgio Ricardo Alves
Orientador(es):: Seidl, Eliane Maria Fleury
Assunto:: Risco psicossocial
Psicodinâmica do trabalho
Taquigrafia
Câmara dos Deputados - Brasil
Issue Date: 15-Sep-2017
Citation: KNUST, Sérgio Ricardo Alves. Sofrimento no trabalho: estudo de caso de riscos psicossociais em um órgão do Poder Legislativo Federal. 2017. xix, 182 f. il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Realizou-se um estudo de corte transversal e abordagem metodológica mista, com o objetivo de investigar os riscos psicossociais no trabalho desempenhado por trabalhadores do Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação – DETAQ – da Câmara dos Deputados, colaborando, assim, para a prevenção do adoecimento e promoção da saúde no trabalho. A Psicodinâmica do Trabalho constituiu a abordagem teórica de referência para fundamentar este estudo, especialmente a partir das obras clássicas de seu autor seminal, Christophe Dejours. Inicialmente foram coletados e analisados dados referentes aos afastamentos médicos do trabalho para tratamento de saúde dos servidores efetivos da referida instituição, durante o período de 01/05/2013 a 30/04/2016. Após isso, o Protocolo de Avaliação dos Riscos Psicossociais – PROART – foi aplicado em 123 servidores efetivos do departamento, no qual se buscou caracterizar quantitativamente e qualitativamente os riscos psicossociais vinculados às dimensões da organização prescrita do trabalho, dos estilos de gestão, do sofrimento patogênico e dos danos físicos e psicossociais. Por último, foi realizado um único encontro com o grupo focal composto por seis gestores do órgão, com o objetivo de investigar, de forma qualitativa, a visão dos gestores acerca das dificuldades enfrentadas no trabalho pelos seus subordinados e como lidar com essas dificuldades, tendo em vista o aumento do prazer e a minimização do sofrimento patogênico no contexto laboral. Enquanto que a parte qualitativa dos resultados foi analisada por meio da análise de conteúdo, para a análise dos dados quantitativos foram utilizadas estatísticas descritivas e inferenciais. A utilização dessas três estratégias de coleta de dados possibilitou a discussão, de forma individual e em conjunto, dos resultados por meio da triangulação de dados, como forma de se recorrer a diferentes instrumentos de pesquisa, conferindo o caráter de uma investigação. Os resultados deste estudo apontaram que, embora haja elevado índice de adoecimento, os servidores do DETAQ relataram, mediante a aplicação do PROART, baixos riscos de sofrimento patogênico e de danos físicos e psicossociais, e risco médio em relação à organização prescrita do trabalho, com presença moderada dos estilos de gestão gerencialista e coletivo. No entanto, cabe destacar que pelas respostas da parte qualitativa desse instrumento psicométrico, os servidores indicaram como principais dificuldades a sobrecarga de trabalho, a desmotivação, o trabalho rotineiro e tedioso e a jornada de trabalho excessiva, que corroboram as percepções do grupo focal. Além disso, percebe-se a utilização de estratégias de defesa de exploração, de adaptação e de proteção por esses trabalhadores, além de mecanismos de mobilização subjetiva, tais como o diálogo e a negociação utilizados como formas de inteligência prática para a conversão do sofrimento criativo em prazer. Por fim, algumas recomendações constituídas de ações pontuais de curto e médio prazos foram apresentadas, com o intuito de evitar danos, minimizar aqueles que já existem e proporcionar vivências de prazer no trabalho.
Abstract: A cross-sectional study and methodological approach, with the aim of investigating the psychosocial risks at work played by the Department of Shorthand, Proofreading e Redaction – DSPR – of the Chamber of Deputies, contributing thus to the prevention of illness and promotion of health at work. The Psychodynamics of Work constituted the theoretical approach of reference to substantiate this study, especially from the classical works of your seminal author Christophe Dejours. Data on the medical clearances for health treatment were initially collected and analyzed of effective servers of that institution, during the period from 01/05/2013 to 30/04/2016. After that, the Protocol of Psychosocial Risks at Work´s Evaluation – PPRWE – was applied in 123 effective servers of the Department, which characterized quantitatively and qualitatively the psychosocial risks linked to the dimensions of the prescript organization of work, management styles, pathogenic suffering and physical and psychosocial damage . Finally, we conducted a single encounter with the focal group consisting of six managers of the organ, in order to investigate, qualitatively, the vision of managers about the difficulties faced at work by his subordinates and how to deal with those difficulties, in order to increase the pleasure and the minimization of pathogenic suffering in the context. While the qualitative part of the results was analyzed through content analysis, the analysis of the quantitative data were used by descriptive and inferential statistics. The use of these three strategies of data collection made possible the discussion, individually and together, the results through the triangulation of data as a way to appeal to different research instruments, giving it the character of an investigation. The results of this study showed that, although there is a high rate of illness, DSPR servers reported, by applying the PPRWE, low risks of pathogenic suffering and physical and psychosocial harm, and medium risk according to prescript organization of work, with moderate presence of managerial and collective styles . However, it is worth mentioning that the responses of the qualitative part of that psychometric instrument, the servers indicated as main difficulties the work overload, demotivation, routine and tedious work and excessive work journey, which corroborated with the perceptions of the focal group. In addition, the use of defense strategies of exploitation, of adaptation and protection for these workers, as well as subjective mobilization mechanisms, such as dialogue and negotiation used as forms of practical intelligence for the conversion of the creative suffering in pleasure. Finally, some recommendations consisting on short and medium punctual actions of term have been presented in order to avoid damage, minimize those that already exist and provide experiences of pleasure at work.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24529/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.