Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24478
Título: Avaliação de desempenho das Instituições de Ensino Superior em múltiplos estágios utilizando Network DEA e o índice de Malmquist
Título(s) alternativo(s): Performance evaluation of Higher Education Institutions in multiple stages using Network DEA and the Malmquist index
Autor(es): Pena González, José Carlos
Orientador(es): Rosano-Peña, Carlos
Assunto: Ensino superior - avaliação educacional
Índice de Malmquist
Instituições federais de ensino superior
Data de publicação: 12-Set-2017
Data de defesa: 17-Jul-2017
Citação: PENA GONZÁLEZ, José Carlos. Avaliação de desempenho das Instituições de Ensino Superior em múltiplos estágios utilizando Network DEA e o índice de Malmquist. 2017. 116 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este trabalho propõe-se a avaliar a eficiência da Graduação e da Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior Federais nos anos de 2010 e 2013, e a mudança na produtividade do ano de 2010 para 2013. Foram avaliadas 89 instituições no ano 2010 e 93 no ano de 2013 utilizando o método Network DEA com quatro estágios para a Graduação e quatro para a Pós-Graduação. Por meio do índice de Malmquist foi analisada a mudança na produtividade e sua decomposição em mudança da eficiência técnica e mudança tecnológica. Os resultados apontam que as melhores performances foram do primeiro estágio com dez instituições eficientes e mediana de 80% em 2010, e nove instituições eficientes com mediana de 77,4% em 2013, seguido do segundo estágio que na Graduação apresentou sete instituições eficientes nos dois anos com medianas de 54% em 2010 e 56,8% em 2013, e na Pós-Graduação com oito e nove instituições e medianas de 70,5% e 71,6% para os anos de 2010 e 2013, respectivamente. Estas medianas indicam que, para serem eficientes, metade das instituições devem elevar o desempenho no primeiro estágio em 20% no ano de 2010 e 22,6% no ano de 2013, no segundo estágio da Graduação em 46% no ano de 2010 e 43,2% no ano de 2013, e no segundo estágio da PósGraduação em 29,5% em 2010 e 28,4% no ano de 2013. Em relação à mudança na produtividade o melhor resultado da Graduação foi o segundo estágio no qual 61 instituições apresentaram melhoria no índice de produtividade de Malmquist com uma elevação média de 10,8% da produtividade, e o melhor resultado da Pós-Graduação foi o quarto estágio com 86,8% das instituições apresentando melhoria no índice de produtividade de Malmquist com uma elevação de 56,8% em média da produtividade. O modelo proposto e o método utilizado podem ajudar na avaliação das IES tanto pela identificação dos processos eficientes de cada instituição quanto pela análise da mudança da produtividade das instituições e dos processos avaliados.
Abstract: The goal of this work is to evaluate the efficiency of Undergraduate and Graduate programs of Federal Higher Education Institutions in the years 2010 and 2013, as well as the change in productivity from 2010 to 2013. We evaluated 89 institutions in 2010 and 93 in 2013 using the Network DEA method with four stages for the Undergraduate program and also four for the Graduate. Through the Malmquist index, we analyzed the change in productivity and its decomposition into technical efficiency change and technological change. The results show that the best performances were from the first stage, with ten efficient institutions with a median of 80% in 2010, and nine efficient institutions with a median of 77.4% in 2013, followed by the second stage, which, regarding the Undergraduate programs, revealed seven efficient institutions in those two years with medians of 54% in 2010 and 56.8% in 2013, while in the Graduate programs we observe eight and nine institutions, and medians of 70.5% and 71.6%, for the years 2010 and 2013, respectively. These medians indicate that in order to be efficient, half of the institutions must increase their performance in the first stage by 20% in 2010 and 22.6% in 2013, in the second stage of Undergraduate program by 46% in 2010 and 43,2% in 2013, and in the second stage of the Graduate Program in 29.5% in 2010 and 28.4% in 2013. With respect to the change in productivity, the best result in the Undergraduate programs was in the second stage, in which 61 institutions showed improvement in the Malmquist productivity index with an average increase of 10.8% in productivity, while the best result in the Graduate programs was in the fourth stage, with 86.8% of the institutions showing improvement in the Malmquist productivity index and with an increase of 56.8% in average productivity. The proposed model and the method used can help in the evaluation of HEI both by identifying the efficient processes of each institution and by analyzing the change in the productivity of the institutions and processes evaluated.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Economia, Mestrado Profissional em Economia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ECO - Mestrado Profissional em Economia - Gestão Econômica de Finanças Públicas (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JoséCarlosPenaGonzález.pdf3,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.