Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24414
Título: A reestruturação produtiva e territorial nos municípios de pequeno porte do entorno do Lago de Furnas (MG) : (re)funcionalização, transformações e novas dinâmicas
Autor(es): Godoy, Marcos Jorge
Orientador(es): Araújo Sobrinho, Fernando Luiz
Assunto: Reestruturação produtiva
Turismo - espaço geográfico
Usina Hidrelétrica de Furnas
Data de publicação: 6-Ago-2017
Data de defesa: 29-Mai-2017
Referência: GODOY, Marcos Jorge. A reestruturação produtiva e territorial nos municípios de pequeno porte do entorno do Lago de Furnas (MG): (re)funcionalização, transformações e novas dinâmicas. 2017. xi, 140 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Os processos que incidem sobre os municípios de pequeno porte vêm ganhando espaço nas pesquisas em Geografia. Esta escala, por muito tempo foi negligenciada nos debates acadêmicos em decorrência da priorização dos estudos sobre os grandes centros. A expressividade desta escala no território nacional e os diferentes contextos que envolvem a realidade destes municípios evidenciam a necessidade de se compreender os fenômenos e processos que atuam na produção do espaço geográfico, contribuindo para enriquecer o próprio conhecimento sobre o território brasileiro. De modo, que buscamos analisar nesta pesquisa um conjunto de 34 municípios da região sul de Minas Gerais que tiveram parte do seu território alagado devido à formação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Furnas no ano de 1963. Assim, está pesquisa objetivou compreender a espacialidade tanto atual como o desenrolar das forças que atuaram sobre a região, condicionando os caminhos para uma reestruturação produtiva e territorial destes municípios calcada no desenvolvimento através da atividade do turismo. Para aprofundamento da análise foram selecionados os municípios de Capitólio e Fama. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e aprofundamento analítico por meio de trabalho de campo nestes dois municípios, a fim de verificar as transformações decorrentes da formação do lago de Furnas e compreender como se deu o desenvolvimento da atividade turística na região, assim como a atual dinâmica da atividade do turismo no lago. De início, o contexto que envolveu o projeto de implantação da usina e a formação do lago foi marcado pelas desapropriações e o descontentamento das populações dos municípios afetados. Em segundo momento é possível verificar a apropriação do lago pelas populações, efetivando novos usos para o lago. O turismo então surge como possibilidade para o desenvolvimento dos municípios e da região, fortalecido por meio dos discursos governamentais. Contudo, o desenvolvimento do turismo esbarra na instabilidade do lago, a geração de energia elétrica impõe uma dinâmica prejudicial ao seu desenvolvimento. O rebaixamento dos níveis de água em decorrência das operações da usina na geração de energia elétrica, atrelada às crises hídricas, evidenciam um conflito regional que envolve agentes e atores com interesses opostos. Pode-se verificar que mesmo com uma Política Nacional de Recursos Hídricos que estabeleceu o uso múltiplo das águas e a criação de uma agência reguladora para operacionalizar seus instrumentos, verificou-se a existência de uma valoração dissimétrica entre os usos das águas no lago de Furnas. As cotas estabelecidas visam atender a prioridade de geração de energia elétrica frente aos demais usos, sendo a atividade do turismo uma das maiores afetadas.
Abstract: The processes that affect on the small municipalities have been gaining ground in the researches in Geography. The studies referring to small municipalities, for a long time, was neglected in the academic debates due to the prioritization of the studies on the major centers. The expressiveness of this scale in the national territory and the different contexts that envolve the reality of these municipalities evidences the need to understand the phenomena and processes that act in the production of the geographic space, contributing to enrich the own knowledge about the brazilian territory. Therefore, we seek to analyze in this research a set of 34 municipalities in the Southern region of Minas Gerais that had part of their flooded territory due the formation of the reservoir of the Furnas Hydroelectric Plant in the year of 1963. Thus, this research aimed to understand the spatiality both current and the evolution of the forces that acted on the region, conditioning the ways for a productive and territorial restruturing of these municipalities based on development through tourism. To deepen the analysis were selected the municipalities of Capitólio and Fama. Semistructured interviews and analytical deepening were carried out through fieldwork in these two municipalities, in order to verify the transformations resulting from the formation of Furnas lake and to understand how the development of tourism activity in the region occurred, as well as the current dynamics of acticity of tourism on the lake. At first, the context that involved the project to implement the plant and the formation of the lake was marked by the expropriations and discontent of the populations of the affected municipalities. Secondly, it is possible to verify the appropriation of the lake by the populations, effecting new uses for the lake. The Tourism then emerges as a possibility for the development of municipalities and the region, strengthened through governamental discourses. However, as tourism develops in the instability of the lake, the generation of electric energy imposes a dynamics detrimental to its development. The lowering of water levels as a result of the plant’s operations in the generation of electricity, coupled with water crises, reveals a regional conflict involving agents and actors with opposing interests. It can be verified that even with a National Policy of Water Resources that established the multiple use of waters and the creation of a regulatory agency to operationalize its instruments, it was verified the existence of a dissymmetrical valuation between the uses of the waters in the lake of Furnas. The established levels aim to meet the priority of electric power generation compared to others uses, and tourism activity is one of the largest affected.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_MarcosJorgeGodoy​.pdf3,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.